S2000 ou Grupo N: Quem vai ser mais rápido?

Por a 14 Fevereiro 2007 11:26

Numa altura em que o início do Campeonato Nacional FPAK de Ralis se aproxima a passos largos, mantém-se a incerteza relativamente a quem irá sair vencedor do primeiro confronto em termos nacionais, e em pisos de terra, dos S2000 com os Grupos N.

S2000 ou Grupo N: Quem vai ser mais rápido?

Irá depender muito das condições meteorológicas, pois caso chova a vantagem estará certamente do lado dos Grupo N, enquanto que se o piso se mantiver seco, então o desenho dos troços, especialmente na zona da Cabreira será mais propício aos S2000, e é isso mesmo que refere José Pedro Fontes, que no Rali Torrié se vai estrear com o Punto S2000 “nacional”: “Neste momento, julgo que ninguém poderá afirmar convictamente qual será a categoria mais competitiva. Segui atentamente o campeonato italiano do último ano e nenhum dos carros dominou um rali de início a fim. Objectivamente, e pelo que já conheço dos dois carros, acredito que os S2000 estarão mais à vontade em troços médio/rápidos, graças à eficácia do seu chassis, sendo penalizados nas especiais mais lentas e em pisos enlameados, sempre que seja preciso motor e binário, como decerto acontecerá no primeiro rali do ano.

Já Fernando Peres não afina pelo mesmo diapasão, preferindo colocar o acento tónico nas possíveis mudanças regulamentares que possam penalizar o carro que guia: “A minha opinião é que se tratam de dois carros tão diferentes que nem deveriam competir no mesmo campeonato. Em todo o caso, o nivelamento destas duas categorias vai depender de vários factores, a começar pela forma como a FIA vai encarar as verificações aos S2000, nomeadamente no que se refere ao limite das rotações, e a terminar no número de jokers que futuramente vier a autorizar, além dos que já estão definidos. De resto, e como privado, temo as pressões que as marcas possam vir a fazer junto da FIA e da FPAK.

Luiz Pinto Freitas, responsável máximo da entidade federativa, preferiu manter-se equidistante, apostando numa competição com grade qualidade e equilíbrio: “Espero quem ninguém tenha vantagem e que andem todos a lutar ao segundo. A minha expectativa é que seja um campeonato equilibrado e um dos mais bem disputados de sempre. Contudo, estamos ainda pendentes da decisão da FIA quanto ao peso dos S2000 (os testes estavam agendados para depois do Monte Carlo, ndr), embora acredite que essa questão possa vir a ser mais importante no asfalto do que na terra.”

últimas Ralis
últimas Autosport