Luca Rossetti “só” a caminho da vitória

Por a 10 Maio 2008 11:49

François Duval foi o primeiro a soçobrar, com um rolamento duma das rodas do Punto S2000, gripado, facto que o impediu sequer de entrar em Almodôvar. Relativamente a Nicolas Vouilloz, furou e parou parou em plena especial para mudar a roda.

Com este desfecho, Didier Auriol ascendeu à terceira posição da geral, enquanto Bruno Magalhães subiu para sétimo.

Tudo praticamente definido

Na PE8, pela primeira vez um piloto consegue liderar duas especiais seguidas. Essa honra coube a Luca Rossetti, que na primeira passagem por Santana da Serra ganhou 16 segundos a Nicolas Vouilloz e pode ter decidido a corrida.

Na procura de somar pontos para o IRC, Basso entrou ao ataque e ao assinar a segunda marca chegou ao oitavo posto, por troca com Bruno Magalhães, que mantém a posição de melhor português.

Dani Sola teve problemas de motor, Didier Auriol perdeu pára-choque e teve uma ligeira saída de estrada onde bateu numa árvore que lhe partiu o pára-brisas. Bernardo Sousa também saiu de estrada.
 
Na especial número nove, Ourique 1, Rossetti conseguiu defender o comando, pior esteve Vouilloz, que para além de perder mais 2,9 segundos para o italiano cedeu 15 segundos para Duval e o segundo lugar ao belga. Aliás o piloto da Procar está a tirar o melhor partido de ser apenas o terceiro na estrada. Quem continua a manter um excelente ritmo é Basso, que subiu de nono, à partida da etapa, para sétimo, passando Bruno Magalhães e aproveitando a saída de estrada de Brice Tirabassi.

Anton Alen acabou por ser o segundo mais rápido, numa especial em que a Fiat inverteu a tendência de domínio da Peugeot, ao colocar três carros nos três primeiros. O piloto da Peugeot Portugal está a pensar apenas no Campeonato Nacional e embora esteja a diminuir o ritmo face aos mais rápidos, continua a ser indiscutivelmente o mais forte dos concorrentes portugueses.

Armindo Araújo continua com problemas de pressão de turbo “o que nos impede de testar em condições. O carro não anda o que devia e estamos a arrastarmo-nos pelos troços.” Brice Tirabassi despistou-se.

Em Almodôvar, Duval não entrou na especial e Vouilloz furou, sendo obrigado a parar para mudar a roda. Com estes problemas Jan Kopecky subiu ao segundo posto, enquanto Dider Auriol fecha o pódio. Apesar de se queixar de alguns problemas no Fiat Abarth, Basso passou a ser o sexto vencedor de especiais diferente, além de se afastar mais um pouco de Bruno Magalhaes está mais perto de Juho Hanninen, que mantém a liderança entre os Grupo N convencionais.

últimas Ralis
últimas Autosport
Lost your password? Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.