Lancia desvenda o Ypsilon HF, e regressa aos ralis

Por a 27 Maio 2024 15:26

A Lancia apresenta hoje o Lancia Ypsilon HF, versão de elevada performance do primeiro automóvel da nova era da marca, que chegará ao mercado em maio de 2025, bem como o Ypsilon Rally4 HF, que representa o tão aguardado regresso da Lancia aos ralis: “Um carro, quatro histórias. A Lancia conta hoje quatro histórias. A primeira assenta na parceria com a Cassina, excelência italiana em mobiliário topo de gama e que contribui para o posicionamento da marca no mercado ‘premium’. Na segunda desvenda uma gama completa e elegante, associada a uma oferta financeira que lhe permite posicionar-se no coração do mercado, para oferecer exclusividade aos clientes. Mas não ficámos por aqui…

A Lancia sempre entrou no coração das pessoas através do seu espírito competitivo, representado pelos modelos icónicos do seu passado, que a tornaram na marca mais bem-sucedida de todos os tempos no mundo dos ralis. Esse coração desportivo volta hoje a bater e esses mesmos fãs serão os novos clientes Lancia de amanhã”, afirmou Luca Napolitano, CEO da marca Lancia.

Lancia de regresso a partir da categoria Rally4

A partir de hoje, os corações de muitos adeptos e entusiastas dos ralis voltam a bater forte. Isto porque, a Lancia decidiu regressar ao mundo dos ralis, partindo das bases da competição – a categoria “Rally4” – coração pulsante dos ralis, representativa da pura paixão, onde os jovens pilotos iniciam as suas carreiras com paixão, para se tornarem nos profissionais do futuro. Um novo começo ao perfeito estilo Lancia, caracterizado pela ambição, pragmatismo e humildade, de acordo com a missão e o ADN da marca.

A Lancia continua a ser a marca de ralis mais bem-sucedida de todos os tempos, contando com 15 Campeonatos do Mundo de Ralis, três Campeonatos do Mundo de Resistência, a vitória numa edição da 1000 Miglia, em duas Targa Florio e numa Carrera Panamericana.

O Lancia Ypsilon Rally4 HF é alimentado por um motor de 1,2 litros turbo, de três cilindros e quatro válvulas por cilindro, com 212 cv de potência. Dotado de tração dianteira e transmissão mecânica de cinco velocidades e diferencial autoblocante mecânico, o modelo de elevado desempenho representa uma solução ideal para o prazer de todos os entusiastas dos ralis, mas também um sério concorrente para os condutores que aspiram às vitórias na categoria “Rally4” e nos campeonatos de duas rodas motrizes.

Lancia Ypsilon HF

O Lancia Ypsilon HF representa a expressão da alma mais competitiva e de performance da marca. A Lancia inspira-se, mais uma vez, no seu passado, reinterpretando-o para olhar para o futuro com grandes ambições.

Alimentado por um motor 100 por cento elétrico de 240 cv e com uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em apenas 5,8 segundos, o Lancia Ypsilon HF terá um porte rebaixado, uma carroçaria alargada de formato agressivo e musculado, inspirada nos automóveis icónicos e mais radicais que compõem a história da marca, com a forma e o design ao serviço da performance.

O modelo fará a sua estreia no mercado em maio de 2025. Depois do Lancia Ypsilon HF, também o Gamma e o Delta terão uma versão HF.

O logótipo “HF” e a imparável corrida do elefante

O Ypsilon HF voltará a ostentar o logótipo “HF”, assinatura histórica dos modelos Lancia de elevado desempenho, introduzida pela primeira vez em 1960, no Salão Automóvel de Genebra, quando um grupo de apaixonados, proprietários de automóveis da marca, fundou o clube “Lancia Hi-Fi” (“High-Fidelity”), grupo exclusivo de clientes mais fiéis, reservado aos que tinham comprado pelo menos seis automóveis Lancia novos. O logótipo “HF” tornou-se, então, um elemento distintivo da HF Squadra Corse Lancia, estrutura fundada em 1963 por Cesare Fiorio, juntamente com alguns pilotos e proprietários apaixonados por automóveis Lancia, tendo assinado muitas das vitórias da marca.

O histórico logótipo era constituído pelas letras maiúsculas “HF”, a branco sobre um fundo preto, com quatro pequenos elefantes vermelhos a correr, inscrevendo, na parte inferior, em letras maiúsculas, as palavras “SQUADRA CORSE”, brancas sobre um fundo vermelho. Os pequenos elefantes foram escolhidos como amuleto da sorte, dada a lenda de que, uma vez lançados em corrida, estes animais são imparáveis, tornando-se, assim, num símbolo de performance e de prazer de condução.

Desvendado em março último em versão revista, o novo logo “HF” reinterpreta o logótipo histórico, tornando-o contemporâneo: os elementos constitutivos da marca, símbolos da tradição Lancia, surgem agora simplificados, tanto em termos de linhas como de formas, criando-se um novo equilíbrio, capaz de expressar inovação, conceito premium e italianismo, com um toque de ecletismo, no máximo respeito pelas inconfundíveis geometrias próprias da marca.

O logótipo “LANCIA CORSE HF”

Para além do logo “HF”, o Lancia Ypsilon Rally4 marcará o regresso do logótipo “LANCIA CORSE HF”, lendária assinatura das viaturas de competição.

A marca Lancia inspirou-se no logótipo histórico, agora reinterpretado numa assinatura contemporânea, a olhar para o futuro, em linha com o plano de renascimento da marca.

O lettering da palavra “CORSE” é agora expresso com um tipo de letra especialmente criado para o efeito.

O grafismo do logótipo, com um tipo de letra oblíquo, pretende exprimir o conceito de velocidade, típico do mundo das corridas, criando uma coerência estilística com a forma do logótipo “HF”.

As cores, preto e branco, nele empregues também refletem o conceito original, num logótipo que poderá ser utilizado tanto em declinação horizontal como vertical.

Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Já não é mais possível o Autosport continuar a disponibilizar todos os seus artigos gratuitamente.
Para que os leitores possam contribuir para a existência e evolução da qualidade do seu site preferido, criámos o Clube Autosport com inúmeras vantagens e descontos que permitirá a cada membro aceder a todos os artigos do site Autosport e ainda recuperar (varias vezes) o custo de ser membro.
Os membros do Clube Autosport receberão um cartão de membro com validade de 1 ano, que apresentarão junto das empresas parceiras como identificação.
Lista de Vantagens:
-Acesso a todos os conteúdos no site Autosport sem ter que ver a publicidade
-Oferta de um carro telecomandado da Shell Motorsport Collection (promoção de lançamento)
-Desconto nos combustíveis Shell
-Acesso a seguros especialmente desenvolvidos pela Vitorinos seguros a preços imbatíveis
-Descontos em oficinas, lojas e serviços auto
-Acesso exclusivo a eventos especialmente organizados para membros
Saiba mais AQUI
Subscribe
Notify of
9 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
icebergemchamas
icebergemchamas
21 dias atrás

Boas noticias!

garantia4
garantia4
21 dias atrás

Mas que não haja dúvidas, é o modelo a gasolina que vai (re)entrar nos ralis.
E não vai começar com uma “squadra corse” oficial . Serão equipas privadas a fazê-lo.
Valeria a pena reproduzirem as palavras do Tavares. Desde contar que a preocupação da stellantis é fornecer um carros competitivos e ao mesmo tempo acessíveis, tanto que mais de 50% dos Rally4, pelo menos nos países maiores, são do grupo, até à “tacada” aos políticos italianos dizendo que os gregos estarão orgulhosos do nome “Ypsilon”, muito foi dito.
Cada 2 anos, 1 novo modelo, esperemos pelo Delta em 2018!

sergiomiguel7972gmail-com
sergiomiguel7972gmail-com
21 dias atrás

Espetacular!!!???!
Só que não…
Deixem-se de tretas e façam as coisas como deve ser.
Tanta coisa, marketing, blá blá blá…
Queremos um Lancia de ralis a sério, um carro a sério e não a mesma coisa com carroçaria de 208, Corsa, grande inovação…
Apenas uma pergunta para o Sr. Dr. Eng. Carlos Tavares: Daqui a 40 anos o Sr. teria interesse em conduzir um carro destes num Rali de Portugal Histórico?
Pois, se calhar não, porque será?

Last edited 21 dias atrás by sergiomiguel7972gmail-com
tp84
tp84
Reply to  sergiomiguel7972gmail-com
21 dias atrás

Sinceramente não percebo o seu comentário. De que interessa ter um carro “histórico” daqui a 40 anos, se a consequencia dessa mentalidade é a destruição atual da marca? Não é a sobrevivência e crescimento da marca mais importante que um modelo historico no ralis daqui a 3 ou 4 décadas? Mas a história não lhe ensinou nada? Alguém no seu juizo, acha que faz algum sentido levar a Lancia de novo para os ralis, com um modelo que não tem na sua gama, e literalmente tornar a marca novamente num poço sem fundo de despesas? O grupo tem um carro… Ler mais »

garantia4
garantia4
Reply to  sergiomiguel7972gmail-com
21 dias atrás

Sim, é uma grande operação de marketing, é um autocolante Lancia no 208, é um Lancia 3 cilindros Puremerd.. by PSA. Mas qual é a alternativa para começar ? Entrar no rally1 que não tem futuro? Qual a base? Investir tantíssimos milhões quando o retorno é baixíssimo e quando o que eles querem é vender o Y eléctrico? Esperemos pelos rally 2.

Last edited 21 dias atrás by jo baue
tp84
tp84
Reply to  garantia4
20 dias atrás

exacto, uma casa começa-se pelos alicerces!

hellrun
hellrun
20 dias atrás

Vamos com calma. Eu também gostaria muito, mas isto não é o regresso da Lancia. É um bom golpe de marketing de um empresa que pelos vistos é “excelência italiana em mobiliário topo de gama”. O carro é bonito, tem as cores certas, e vai ficar bem na fotografia. Aliás, isto nem é uma noticia, é um anuncio publicitário, disfarçado de noticia. É só ler o texto. Mas regresso aos ralis, seria outra coisa, com outro envolvimento da marca. O que eu acho que seria interessante para a Fiat. Ainda me lembro da Fiat ser a marca mais vendida em… Ler mais »

christopher-shean
christopher-shean
20 dias atrás

Melhor que nada… vamos ver o que acontece aqui p’rá frente!

jacinto-18
jacinto-18
20 dias atrás

O que me espanta mais, é que a noticia do regresso da Lancia aos Ralis tem mais comentários, que qualquer prova do atual WRC. Dá que pensar.

últimas Newsletter
últimas Autosport
newsletter
últimas Automais
newsletter
Ativar notificações? Sim Não, obrigado