assinaturas

CRA, Azores Rallye: Ricardo Moura vence facilmente

Por a 23 Março 2019 07:05

Ricardo Moura e António Costa (Skoda Fabia R5) venceram com grande facilidade e tal como se esperava o Azores Rallye, primeira prova do Campeonato de Ralis dos Açores, terminando com 1m27,6s de avanço para a dupla Luis Rego e Jorge Henriques (Skoda Fabia R5).

O domínio do açoriano na ‘sua’ prova foi total, já que a sua ‘guerra’ é o triunfo à geral, em primeiro lugar, depois o CPR e o CRA, pelo que ao manter-se na luta com Alexey Lukyanuk pelo triunfo, Moura nunca deu hipóteses.

Mas com os seus principais adversários a saberem que Ricardo Moura não disputa mais provas, em princípio, sabiam que a posição logo a seguir seria aquela que mais dividendos daria em termos de campeonato, e nesse particular também nunca existiram dúvidas sobre quem levaria a melhor.

Desde o arranque do rali que Luís Rego foi ganhando troços a Bernardo Sousa, pelo que a margem entre ambos foi crescendo. Se a isto juntar o facto de Bernardo Sousa (Citroën C3 R5) ter tido, provavelmente, dos ralis mais atribulados da sua vida, a questão depressa ficou resolvida. Três furos, um capotanço, e uma penalização de dois minutos vinda ‘diretamente’ do Delegado Técnico da FIA, levaram a que terminasse a uns longínquos 3m14.4s.

Pelo que se percebe, fica para a próxima prova perceber melhor a questão dos andamentos entre os dois principais candidatos ao título açoriano, já que Bernardo Sousa ainda está em adaptação ao carro, que recebeu novinho em folha para esta prova, mas com todos os incidentes que teve não permitiu perceber como está face a Luís Rego, que realizou uma prova bem consistente, também com alguns pequenos percalços, normais numa prova desta dificuldade.

Para a história, leia-se campeonato, fica o facto de ter batido Bernardo Sousa e arranca o CRA na frente do adversário com que vai ter de lidar todo o ano.

Ruben e Estevão Rodrigues (Peugeot 208 R2) ficaram na quarta posição e 4m40s de Bernardo Sousa, vencendo as duas rodas motrizes na frente de Rafael Botelho e Rui Raimundo (Citroën DS3 R3T). Luís Mota e Fábio Ribeiro (Mitsubishi Lancer Evo IX) foram sexto do CRA.

assinaturas

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas CRA
últimas Autosport