/maismotores/ha-tres-projetos-para-circuitos-em-portugal/
Há três projetos para circuitos em Portugal | AutoSport

Há três projetos para circuitos em Portugal

Por a 7 Novembro 2019 09:37

O Monte Redondo Automobile Country Club não é o único projeto existente para uma infra-estrutura de velocidade no nosso país. Independentemente da fase em que se encontram, há três outros projectos que são do domínio público.

Por Sérgio Fonseca

SERPA
Este é, provavelmente, o segredo pior guardado do automobilismo nacional. A acontecer, o quarto circuito de automobilismo a nascer em Portugal vai ser no Alentejo, mais precisamente em Serpa, numa área onde em tempos foi um kartódromo. O projecto, que tem capital nórdico por trás, tem avançado discretamente nos últimos anos, mas a apresentação oficial poderá estar para breve.
O “Circuito do Sol” – assim se chamará até por que em 2017 terão existido 260 dias de sol naquela localização – promete ser o primeiro circuito do mundo totalmente energeticamente sustentável, com um parque de energia solar de 2 MW. O edifício principal usará materiais naturais locais e terá um estilo típico alentejano. Com dez traçados diferentes possíveis, todos ao contrário do sentido do relógio, o circuito principal terá vinte e três curvas e duas zonas de pitlane. Sem pretender rivalizar com o Autódromo Internacional do Algarve ou com o Circuito do Estoril, este circuito, mais à dimensão do que é hoje o Circuito Vasco Sameiro, foi gizado para receber um dia a homologação de Grau 3 da FIA.
Ocupando uma área de 60 hectares, o circuito foi desenhado por Rodrigo Nunes, o arquitecto portuense responsável por uma série de pistas do Campeonato FIA de Fórmula E, como Hong Kong, Nova Iorque, Berlim, Roma ou Paris. O escritório RS Project também teve um papel activo no Circuito da Boavista. O edifício principal, onde estarão as primeiras dez boxes planeadas para abertura, terá dois andares e servirá de albergue à Torre de Controlo, à cafetaria e terá um terraço.
Ideado para operar 365 dias por ano, cinquenta e dois para track-days, o circuito terá um equipamento de luzes que lhe permitirá estar funcional durante vinte e quatro horas por dias. Numa primeira fase serão construídos catorze bungalows, sendo que existe a pretensão no futuro de erigir um hotel de cinco estrelas na área do complexo desportivo.
Com cinco aeroportos situados num raio de 270 quilómetros e a pouco mais de 100 km da sempre apelativa costa algarvia, o objectivo dos mentores deste desígnio passará muito por trazer a Portugal clientela estrangeira que durante metade do ano não tem oportunidade de gozar as condições climatéricas da ponta sul da Europa.
Pendente dos licenciamentos e da burocracia habitual, o plano inicial ditava que as obras arrancassem até ao final do presente ano, para que a futura infra-estrutura do distrito de Beja pudesse estar já minimamente operacional no final de 2020.

PINHEL
Por agora não passa ainda de um sonho, mas Câmara Municipal de Pinhel pensa em construir um autódromo na cidade do distrito da Guarda. O automobilismo tem crescido nos últimos anos em Pinhel, acolhendo a “Cidade Falcão” provas de Slalom e do nacional de Drift promovido pela FPAK.
A aposta nos desportos motorizados deverá continuar nos próximos anos, e o autarca de Pinhel, Rui Ventura, está a avaliar cuidadosamente a construção de um autódromo. O projeto estará a ganhar forma e os terrenos poderão até já ter sido escolhidos.
Segundo o Portal BASE, no dia 13 de Junho de 2018, o Município de Pinhel celebrou um acordo com a Joana Correia Saraiva, Soc. Unipessoal, Lda. para a “Aquisição de um projecto para construção de um autódromo”, no valor de 55,000 euros.
Em entrevista à imprensa local, o autarca referiu que será um investimento na ordem dos 8 milhões de euros, com apoios de Bruxelas. Existe uma maquete pronta do projecto e a autarquia até terá consigo vários pareceres positivos da mais valia que seria a infra-estrutura para a região do interior do país.

VILA VERDE
Quando eram muitas as incertezas em redor do futuro do Circuito Vasco Sameiro, em Braga, veio a público um conjunto de intenções para a construção de um circuito em Vila Verde, a pouco mais de 30 minutos da cidade dos arcebispos.
O projecto desta infra-estrutura, que teria o apoio de empresários da região, contemplava igualmente um circuito de ralicross e uma pista de karting. Para avançar, o projecto estaria pendente de um estudo de viabilidade e da aquisição de terrenos circundantes. O silêncio profundo nos meses que se seguiram após as primeiras notícias vinculadas na imprensa poderá dar uma indicação menos auspiciosa.

Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Infelizmente o Autosport não pode continuar a disponibilizar os seus artigos gratuitamente.
Já não é viável ter uma equipa de jornalistas profissionais sem que possamos vender o produto do nosso trabalho.
Tal como os jornais e revistas são pagos, também os conteúdos editoriais digitais terão que ser pagos.
Por favor subscreva o Autosport Exclusivo e ajude-nos a manter esta máquina em andamento!
São apenas 2€ por mês, subscreva agora AQUI
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Infelizmente o Autosport não pode continuar a disponibilizar os seus artigos gratuitamente.
Já não é viável ter uma equipa de jornalistas profissionais sem que possamos vender o produto do nosso trabalho.
Tal como os jornais e revistas são pagos, também os conteúdos editoriais digitais terão que ser pagos.
Por favor subscreva o Autosport Exclusivo e ajude-nos a manter esta máquina em andamento!
São apenas 2€ por mês, subscreva agora AQUI
últimas Newsletter
últimas Autosport
newsletter