Morreu Charlie Whiting, Diretor de Corrida da F1

Por a 14 Março 2019 08:45

Charlie Whiting, há longos anos Diretor de Corrida da Fórmula 1, faleceu esta madrugada aos 66 anos. Uma embolia pulmonar, já em Melbourne tirou a vida ao homem que geria os Grandes Prémios em pista. Charlie Whiting estava ligado à Fórmula 1 desde 1977, quando trabalhou para a Hesketh Racing, tendo-se tornado mecânico-chefe da Brabham algum tempo depois, equipa em que permaneceu até 1988, altura em que passou para delegado técnico da FIA.

Anos depois, em 1997, evoluiu para delegado de segurança. Muitas das melhorias de segurança no desporto automóvel tiveram o seu cunho, por exemplo o recente Halo, outro exemplo, o apoio de cabeça, a melhoria significativa da célula de sobrevivência, estruturas de impacto frontal e lateral e lados elevados do cockpit, um legado que deixa. Na madrugada de 14 de Março, apenas um dia antes da primeira sessão de treinos para o Grande Prémio da Austrália e do arranque da temporada de Fórmula 1 de 2019, Whiting deixou-nos aos 66 anos.

25
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
dxico
Membro
dxico

Que descanse em paz. Em muito contribuiu para a segurança w hoje existe. Que esse trabalho continue é a melhor forma de o relembrar

Pity
Membro
Pity

Bolas! Só com 66 anos! Ainda tinha muito a dar à F1, mas quando chega a hora… ninguém escapa. Que descanse em paz.

F1_4ever
Membro
F1_4ever

Provávelmente terá sido consequência da longa viagem de avião que fez da Europa para Austrália, pelo que li acerca dos factores de risco das embolias pulmonares essa é justamente uma das causas, a longa imobilização dos membros inferiores nas viagens de avião.

José Morais HML
Membro
José Morais HML

Que descanse em paz. Uma pessoa a quem a f1 muito deve.

Cágado1
Membro
Cágado1

Só quem não se lembra da partida de Monza 78, ou do Canadá 82, poderá não dar um enorme valor à standardização de processos e à segurança acrescida que trouxe à F1.

mantis
Membro
mantis

Sem dúvida que contribuiu. Só fica a mancha de ter sido indiretamente o responsável pela morte de Bianchi…

sr-dr-hhister
Membro
sr-dr-hhister

Ficam mais algumas manchas com certeza, mas só não erra quem não vive, por isso…

m42engine
Membro
m42engine

E diretamente o Bianchi…

sr-dr-hhister
Membro
sr-dr-hhister

O meu avô morreu e não vi aqui notícia nenhuma! O homem geria uma adega catano! Parcialidade jornalística.
No entanto R.I.P..

alexname
Membro
alexname

Procure a noticia do falecimento do seu avo no jornal da junta de freguesia da area de residência ou em alguma publicação especializada em vinhos. Isto aqui são automoveis e desporto motorizado. É normal que nao encontre a notícia do falecimento do seu ilustre avô. DEP

Valsenninha
Membro
Valsenninha

Cheguei a falar com ele pessoalmente na corrida de gp2 em 2008 em Portimão. Uma pena. Que descanse em paz…

Eu_não_sou_o_frenando_afondo
Membro
Eu_não_sou_o_frenando_afondo

Que maneira triste de começar o campeonato. :/ Com a perda de uma pessoa tão importante na estrutura. Que descanse em paz.

MurrayWalker
Membro
MurrayWalker

Mecânico de Lauda e Piquet na Brabham de Bernie Ecclestone. Quando se acabou o dinheiro na equipa, o tio Bernie zarpou e colocou grande parte dos seus colaboradores da Brabham em cargos de direção da FIA.

Charlie Whiting foi provavelmente o que mais se destacou nesses cargos. Já fazia parte da “mobilia” da F1.

O seu conhecimento e experiência vão fazer muita falta à Formula 1.

Que descanse em paz.

últimas Destaque Homepage
últimas Autosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/motosport.png