GP Portugal F1: Discrepâncias entre números da Proteção Civil e FIA

Por a 31 Outubro 2020 08:43

Ontem, a Proteção Civil do Algarve, citada pela TVI, revelou terem existido 14 casos de Covid-19 entre as equipas de Fórmula 1 que estiveram no Algarve, no Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1. Ana Regina Guerreiro, Delegada de Saúde Regional, referiu que os casos foram detetados entre os dias 20 e 29 de outubro e estão relacionados com elementos do staff das equipas de F1.

Ao fim do dia de ontem, a FIA revelou que entre sexta-feira 23 de outubro e quinta-feira 29 de outubro, foram realizados 4.281 testes para a Covid-19 a pilotos, equipas e pessoal. Destes, 9 pessoas testaram positivo. A FIA e a Fórmula 1 revelaram ainda que estão a fornecer esta informação agregada para efeitos de integridade e transparência da competição. Nenhum detalhe específico sobre equipas ou indivíduos foi fornecido pela FIA ou pela Fórmula 1 e os resultados continuarão a ser tornados públicos a cada 7 dias.

Como se percebe, há discrepâncias entre os números da FIA e da Proteção Civil lusa, que podem ser explicados pelas diferenças nas datas a que se referem os números.

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
últimas F1
últimas Autosport
f1
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x