/formula1/f1/gp-eua-f1-grande-luta-ferrari-mclaren/
GP EUA F1: Grande luta Ferrari/McLaren | AutoSport

GP EUA F1: Grande luta Ferrari/McLaren

Por a 25 Outubro 2021 08:59

O que não faltou foram grandes lutas durante o GP dos EUA de F1, na frente, e também entre os McLaren e Ferrari, com Daniel Ricciardo e Carlos Sainz a envolverem-se num ‘roda a roda’ intenso durante várias voltas na luta pelo quinto lugar. Ricciardo adiantou-se à Ferrari no início, depois duma grande luta inicial, mas o ritmo de Sainz melhorou quando trocou de pneus e a luta foi retomada.
A certa altura, chegaram a ‘tocar-se’, o que causou danos na asa da frente do Ferrari de Sainz, com o espanhol a ficar para trás e perder um lugar para Valtteri Bottas, enquanto Ricciardo se ‘agarrou’ ao quinto posto.
“O Carlos esteve a exercer forte pressão sobre mim durante toda a corrida, e na verdade tivemos uma batalha muito boa na primeira volta. Depois, consegui apanhá-lo e isso permitiu-me lutar pelo quinto posto”.
“A luta foi muito boa com ele, digamos que tive que me defender bem, para o segurar porque senão era fácil cair para 7º atrás do Bottas. Estou muito feliz com este quinto lugar”.
Sainz mostrou um ritmo forte durante todo o fim-de-semana, mas na Q2, não conseguiu melhorar com os pneus mais duros, o que o deixou exposto na corrida. Quando mudou para pneus mais duros, teve ritmo igual ao de Charles Leclerc, que terminou em quarto, mas nessa altura já estava demasiado atrás, especialmente depois de ter tido uma paragem lenta nas boxes: “Fiquei preso atrás de Daniel durante toda a corrida. Bem tentei passá-lo, mas foi duro. Fiquei chateado porque ele empurrou-me, foi tudo muito nos limites, às vezes foi um pouco demais, mas se tivéssemos feito uma boa paragem nas boxes, tê-lo-íamos passado e não teria havido luta”, disse.

Subscribe
Notify of
2 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
NOTEAM1
NOTEAM1
1 mês atrás

A Ferrari elevou o seu ritmo e com as corridas que faltam, muito dificilmente não agarram o terceiro posto posto.
Já não me lembrava como é bom ter o Ricciardo combativo em pista, mesmo com carro inferior, segurou um Sainz que não teve argumentos, nem provavelmente a sorte do seu lado, mas o Ricciardo deu a vida pela posição em pista e saiu recompensado por isso.
O Leclerc é que esteve numa outra corrida, uma vantagem em relação ao 5º lugar acima dos 20s, um ritmo demoníaco que não ficou atrás dos dois homens da frente.

Patucho10
Patucho10
Reply to  NOTEAM1
1 mês atrás

Também acredito que a Ferrari vai conseguir o 3° lugar, não só pelo ritmo que demonstraram mas pelos circuitos que são mais favoráveis para a Ferrari, mas na F1 nada é garantido por isso vamos ver como vai correr as próximas 5 corridas que faltam. Uma nota positiva para a McLaren foi o Riccardo conseguir um bom lugar e ficar a frente do Carlos Sainz, teve melhor ritmo que o Lando, o que pode ser importante na parte final da época na luta pelo 3° lugar de construtores

últimas F1
últimas Autosport
f1