Federações Auto e Moto trabalham em conjunto na segurança dos circuitos

Por a 9 Outubro 2019 17:08

A FIA (Federação Internacional do Automóvel) e a FIM (Federação Internacional de Motociclismo) uniram-se para trabalhar na segurança dos circuitos. Os dois órgãos diretivos da F1 e do MotoGP, os pináculos de cada uma das áreas, anunciaram esta união de esforços no trabalho em prol da segurança dos traçados. Este ano houve pistas comuns às duas competições, mas no futuro, o número de pistas pode aumentar.

Para já, a “primeira bola a sair do saco” tem a ver com a uniformização dos padrões… de pintura. Esses padrões incluem limites de pista, corretores e áreas de escapatória em asfalto: “É com grande prazer que saúdo esta colaboração com a FIM numa série de projetos de segurança. Ao unirmos os nossos dois órgãos diretivos nesta matéria de segurança, isto significa que podemos criar um standard para outras formas de desporto automóvel em todo o mundo”, disse Jean Todt, Presidente da FIA.

Já para o Presidente da FIM, o português Jorge Viegas: “A FIM e a FIA partilham circuitos em todo o mundo e esta colaboração relativa aos padrões de segurança não só simplificará o processo para a indústria, mas também garantirá o mais alto nível de segurança para os concorrentes, em todo o mundo”, disse.

Pode parecer estranho começarem pela tinta, mas faz sentido: “O novo padrão define uma série de critérios de desempenho para a tinta, incluindo propriedades de fricção e visibilidade sob uma variedade de condições. O resultado garantirá que a tinta usada em circuitos ao redor do mundo tenha um desempenho consistente em condições se seco e molhado, reduzindo o potencial de acidentes devido a uma perda repentina de aderência”, lê-se no comunicado da FIA.

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas F1
últimas Autosport