F1: Terá Logan Sargeant o seu lugar em risco na Williams?

Por a 1 Abril 2024 12:00

James Vowles decidiu dar nova oportunidade a Logan Sargeant em 2024, depois de uma temporada de estreia pouco conseguida por parte do piloto norte-americano. Não é habitual, com um nível de prestações como apresentou Sargeant, mas o chefe de equipa da Williams afirmou por diversas vezes que o norte-americano “merece uma nova oportunidade”. Mesmo assim, Logan Sargeant pode ter o seu lugar em risco ainda em 2024, segundo o jornalista Joe Saward. 

A Williams ficou mal na fotografia na Austrália ao não ter um chassi sobressalente para Alexander Albon, depois do acidente do piloto tailandês no treino inaugural em Melbourne, tendo resultado na decisão de deixar Logan Sargeant de fora do resto do fim de semana, dando prioridade ao seu companheiro de equipa.

A situação colocou Sargeant numa posição difícil, podendo sentir o peso da decisão tomada de forma tão pública, descrevendo o momento como o “mais difícil” da sua carreira.

Embora ainda não se saiba como Sargeant vai reagir a este revés, o ambiente dentro da equipa poderá ficar tenso, com questões levantadas sobre a preparação durante a fase de pré-temporada e a gestão da equipa sob pressão competitiva. 

Poderia pensar-se que a Williams ficou a ‘dever’ uma a Logan Sargeant, mas há quem coloque a possibilidade do norte-americano perder o lugar na equipa de Grove ainda este ano.

No mais recente episódio do podcast ‘Missed Apex’, o jornalista Joe Saward especulou sobre o potencial do jovem piloto da equipa júnior da Mercedes, Andrea Kimi Antonelli, substituir Logan Sargeant na Williams já em 2024.

Ao discutir aquilo que referiu como ‘efeito Bearman’ – que, segundo o jornalista, surgiu com o bom desempenho de Oliver Bearman aos comandos do Ferrari SF24 em Jidá e deu a entender às equipas que os jovens pilotos podem ter um ritmo tão alto quanto os mais experientes, com contratos mais baratos – Saward destacou Antonelli como um nome importante a ter em conta. Quando questionado pelo apresentador do podcast sobre a possibilidade da Mercedes poder colocar Antonelli na Williams, Saward expressou a sua concordância, sugerindo que poderia ser uma opção realista para a época de 2024.

Saward referiu que a transição da Fórmula 2 para a F1, apesar da idade de Antonelli, poderia acontecer depois do Grande Prémio de Itália, tornando-o uma opção viável para a Williams, mencionando o facto de Antonelli estar a fazer testes com a Mercedes.

Embora reconhecendo a importância de cultivar os jovens talentos, Saward sugeriu que a progressão de Antonelli poderia beneficiar de uma abordagem semelhante à do início da carreira de Max Verstappen, potencialmente começando noutra equipa antes de fazer a transição para a Mercedes. 

Depois de afirmar que Sargeant apresentava-se mais preparado mentalmente para enfrentar a sua segunda temporada, onde estaria novamente à prova para aferir o seu mérito no lugar na grelha de Fórmula 1, estará James Vowles a considerar a troca de pilotos ainda esta temporada, quando não o fez durante o ano passado?

Subscribe
Notify of
2 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pity
Pity
20 dias atrás

Já estão a pôr pressão demasiada no miúdo Antonelli. A que propósito o iriam pôr já este ano na F1? Se me disserem que o Sargeant permaneceu este ano na Williams para guardar lugar para o jovem italiano, para 2025, aceito, mas não para este ano. Deixem o miúdo fazer a época completa de F2 antes de o lançarem às feras.
Além do mais, se o Vowles fizesse uma coisa dessas, seria de uma desumanidade atroz, depois do que disse ao renovar-lhe o contrato. Para maldade, já basta o que lhe fizeram na Austrália.

leandro.marques
20 dias atrás

Para isto não renovavam com ele. Largar um miúdo ligado à nossa academia para promover alguém de outra academia não lembra a ninguém. Já chega de pagamentos de favores…

últimas F1
últimas Autosport
f1
últimas Automais
f1
Ativar notificações? Sim Não, obrigado