/formula1/f1/f1-oscar-piastri-tera-contrato-assinado-com-a-mclaren-para-2023/
F1: Oscar Piastri terá contrato assinado com a McLaren para 2023 | AutoSport

F1: Oscar Piastri terá contrato assinado com a McLaren para 2023

Por a 5 Agosto 2022 10:13

O piloto reserva da Alpine, Oscar Piastri, terá chegado a acordo para competir pela McLaren em 2023, ocupando o lugar de Daniel Ricciardo, segundo os rumores que começam a ganhar cada vez mais força, depois da nega que Piastri deu à equipa francesa.

O futuro do australiano tem sido alvo de grandes especulações, depois da verdadeira novela que aconteceu no início da semana, com a equipa sediada em Enstone a oficializar o piloto para a próxima época, algo que mais tarde veio a ser negado pelo próprio piloto. Piastri é um piloto com um currículo impressionante, tendo vencido a Formula Renault e a Formula 3 e Formula 2 no primeiro ano, de forma consecutiva. Este ano, o australiano já foi apontado a uma mudança para a Williams, e o a publicação RacingNews365.com soube “através de fontes na Austrália” que Piastri assinou contrato com a McLaren, substituindo Daniel Ricciardo e vai fazer dupla com o jovem talento Lando Norris em 2023.

O Conselho de Reconhecimento de Contratos da FIA, onde todos os contratos de Fórmula 1 são verificados, terá validado o novo contrato de Oscar Piastri na McLaren, uma vez que o atual acordo que tem com a Alpine assim o permite.

Piastri tem contrato com a Alpine para 2022, mas não para 2023. Diz-se que a Alpine tinha uma opção sobre os serviços de Piastri para 2023, mas essa opção não foi exercida a tempo. O Conselho de Reconhecimento de Contratos da FIA decidiu então que não havia qualquer contrato válido entre a Alpine e Piastri para 2023, deixando o piloto e a McLaren livres para chegar a acordo para a próxima época.

O acordo de Piastri com a McLaren terá sido concluído na noite de 30 de julho, antes da mudança de Fernando Alonso para a Aston Martin ser confirmada a 1 de agosto. Segundo os regulamentos da Fórmula 1, a Alpine não pode contestar a decisão da direção, uma vez que as equipas de Fórmula 1 decidiram anteriormente por unanimidade que é o órgão máximo que pode decidir sobre questões contratuais.

A mudança de Piastri deixa no ar o futuro de Daniel Ricciardo. A melhor aposta do australiano pode ser substituir Fernando Alonso na Alpine, para quem já competiu em 2019 e 2020 ainda, na altura, intitulada de ‘Renault’.

Por Eduardo Moreira

Subscribe
Notify of
3 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
iluminaty_luz2022_gmail_com
iluminaty_luz2022_gmail_com
2 meses atrás

Tenho muita pena de Ricci porque é um excelente piloto e igual ser humano, vê-se que é boa onda, mas efetivamente não está a corresponder porque ganha muito para o que produz é um facto… Agora acho que a Comunição Social não deveria falar neste assunto e especular se vai ou não ser substituido por respeito ao piloto que o merece e é uma invasão á sua privacidade… Quando chegar a altura ambas partes irão resolver a questão… CS alimenta “imbecis” deforma opiniões, lança falatórios desnecessários, deveriam ser mais seletivos nos temas que escolhem, há muito que falar em F1…Òbvio… Ler mais »

dannyricfanclub
dannyricfanclub
2 meses atrás

É melhor para a McLaren e para o Ricciardo. Para a equipa, porque tem dois pilotos sem dificuldades de adaptação; para o Danny Ric, porque é o fim de um pesadelo e pode certamente render mais na Alpine – desde que esta não mantenha as afinações do Alonso, que são feitas para um estilo de condução semelhante ao que os McLaren impõem aos pilotos, i. e. com uma tendência subviradora.
Por falar em Alonso: https://www.youtube.com/watch?v=bkdjoJfPbxs

npiquet79
npiquet79
2 meses atrás

ricciardo na alpine

últimas F1
últimas Autosport
f1