F1: Lotus conseguiu-o em 2013. Daí para cá…

Por a 9 Fevereiro 2019 09:30

O início de época da Fórmula 1 aproxima-se a passos largos, e como sempre espera-se que o pior dos anos anteriores mude. Uma dessas situações é o facto de, desde que a Lotus venceu o Grande Prémio inaugural da temporada de 2013 do Mundial de Fórmula 1, que nenhuma outra equipa, que não a Mercedes, Ferrari ou Red Bull ganham corridas.
Era bom que isso mudasse este ano, embora poucos acreditem ser possível.

Depois do que se viu o ano passado nos testes, muitos acreditaram que alguém poderia causar uma surpresa durante o ano. No final dos testes, Sebastian Vettel e Kimi Raikkkonen estavam no topo da lista, à frente de Fernando Alonso, Daniel Ricciardo, Carlos Sainz e Kevin Magnussen, mas o tempo mais rápido da Mercedes deu apenas para o oitavo lugar.

Mas todos sabíamos que ali havia ‘gato’, ao fim ao cabo todos os melhores colocados usaram pneus híper macios da Pirelli. Descontando a diferença do que valiam os pneus, a Mercedes iniciou o Mundial apenas a 0,2s da Ferrari, mas com o passar das corridas, os homens de Brackley vencerem a ‘guerra’ do desenvolvimento e com isso, facilmente, o título mundial. Red Bull, Renault e Haas ficaram a cerca de um segundo dos melhores dos testes, a Ferrari, e terminaram a temporada em terceiro, quarto e quinto lugares.

Vamos ver o que nos reservam os testes, mas é bem capaz de ser mais fácil a questão dos vencedores de corridas ficar reduzido a duas equipas, Mercedes e Ferrari, do que passar a quatro. Será que corre bem a Red-Bull/Honda?

1
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
luis_c_jorge
Membro
luis_c_jorge

E se a Sauber ganha-se um grande premio , era mesmo um premio para o kimi

últimas F1
últimas Autosport