/formula1/f1/f1-lance-stroll-os-titulos-obtidos-provam-que-mereco-esta-oportunidade-na-formula-1/
F1, Lance Stroll: “Os títulos obtidos provam que mereço esta oportunidade na Fórmula 1” | AutoSport

F1, Lance Stroll: “Os títulos obtidos provam que mereço esta oportunidade na Fórmula 1”

Por a 3 Novembro 2016 14:34

À margem da apresentação dos novos pilotos da Williams para a próxima temporada, o jovem Lance Stroll insistiu que os títulos que obteve nas categorias de acesso à Fórmula 1 devem ser mais do que suficientes para calar todos os que se mostram cépticos acerca da sua entrada na modalidade, e os que criticam que esta deve-se mais ao dinheiro do pai Lawrence do que ao seu talento.

“Todos têm o direito à sua opinião, não posso mudar isso. E venho do dinheiro, não vou negá-lo. Mas acredito que tive a minha oportunidade na Fórmula 1 porque venci todos os campeonatos em que competi nos monolugares. Venci a F4, fui para a Nova Zelândia e triunfei na Toyota Racing Series, e venci o Campeonato Europeu de F3 em 2016. Agora a FIA atribuí-me uma superlicença por esse motivo porque as pessoas não podem simplesmente comprar a sua entrada na Fórmula 1. Tens de provar o que vales nas categorias júnior e vencer essas competições. Não sei quero dizer exatamente quando é que poderei mostrar que não estou aqui apenas pelo dinheiro, porque depende de muitas outras coisas e de muitos detalhes a fazerem sentido ao mesmo tempo. Mas vou apenas preocupar-me com o meu trabalho. Hoje estou aqui muito feliz com a Williams e entusiasmado com a próxima temporada”, concluiu.

A diretora de equipa adjunta Claire Williams garantiu que o dinheiro não influenciou esta escolha:

“Têm surgido muitos comentários acerca do passado do Lance e quero deixar claro que a Williams nos últimos anos deixou claro que não iria deixar que o aspeto financeiro influenciasse a nossa escolha de pilotos. É absolutamente esse o caso este ano. O dinheiro não traz performance dentro do cockpit. Tu ora tens o talento ou não o tens. E penso que o Lance provou que tem o talento e que fez por merecer esta oportunidade na Fórmula 1. Ele tem de o provar no próximo ano e sei que o conseguirá”, referiu sobre o piloto de 18 anos, cumpridos a 29 de outubro.

 

 

Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Infelizmente o Autosport não pode continuar a disponibilizar os seus artigos gratuitamente.
Já não é viável ter uma equipa de jornalistas profissionais sem que possamos vender o produto do nosso trabalho.
Tal como os jornais e revistas são pagos, também os conteúdos editoriais digitais terão que ser pagos.
Por favor subscreva o Autosport Exclusivo e ajude-nos a manter esta máquina em andamento!
São apenas 2€ por mês, subscreva agora AQUI
Subscribe
Notify of
3 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pity
Pity
5 anos atrás

Num ponto ele tem razão: agora não basta ter dinheiro para comprar o lugar, é preciso ter ( também) credenciais desportivas.

can-am
can-am
5 anos atrás

Evidentemente que o dinheiro pesou e de que maneira por muito que digam o contrário. O Stroll é um bom piloto, mas há 2 mãos cheias de outros com igual ou melhor palmarés. Obviamente que o dinheiro foi o factor que decidiu. Vai poder lá ficar um ano para ver o que dá, e se não fizer o ridículo até pode ser que se aguente mais tempo. Agora uma coisa é certa – com pilotos como ele, e mesmo em certa medida como o Bottas, a Williams nunca virá a ser o team ganhador e dominante que foi no passado.… Ler mais »

anotheruser
anotheruser
5 anos atrás

O Fitipaldi não se importará de partilhar a sua alcunha.

Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Infelizmente o Autosport não pode continuar a disponibilizar os seus artigos gratuitamente.
Já não é viável ter uma equipa de jornalistas profissionais sem que possamos vender o produto do nosso trabalho.
Tal como os jornais e revistas são pagos, também os conteúdos editoriais digitais terão que ser pagos.
Por favor subscreva o Autosport Exclusivo e ajude-nos a manter esta máquina em andamento!
São apenas 2€ por mês, subscreva agora AQUI
últimas FÓRMULA 1
últimas Autosport
formula1