/formula1/f1/f1-franz-tost-coloca-sebastian-vettel-entre-os-melhores-de-sempre/
F1: Franz Tost coloca Sebastian Vettel entre os melhores de sempre | AutoSport

F1: Franz Tost coloca Sebastian Vettel entre os melhores de sempre

Por a 5 Agosto 2022 11:02

Na sequência do surpreendente anúncio de final de carreira de Sebastian Vettel, o chefe de equipa da Alpha Tauri, Franz Tost, refletiu sobre o quão impressionante foi o tetracampeão mundial quando entrou na Fórmula 1 pela primeira vez como jovem piloto.

O antigo chefe de equipa de Sebastian Vettel colocou o alemão como sendo um dos nomes grandes da história da F1, após Vettel ter anunciado que se iria retirar no final da presente época.

O tetracampeão mundial conseguiu a sua primeira vitória com a então denominada Toro Rosso, no Grande Prémio de Itália de 2008, que também marcou a vitória de estreia da equipa liderada por Tost.

Vettel alcançou os seus quatro títulos consecutivos com a Red Bull entre 2010 e 2013 e Tost admite que esperou sempre que o alemão alcançasse tal sucesso depois de já ter ficado impressionado com o jovem piloto desde o primeiro momento.

“Já o tinha observado na Fórmula BMW, e ele ganhou muitas corridas”, disse Tost. “Depois, encontrámo-nos algumas vezes e ele era muito concentrado. As perguntas que ele fazia eram realmente boas para um jovem piloto. Uma das suas grandes vantagens era, antes de mais, estar 100 por cento empenhado na Fórmula 1, ou no desporto automóvel em geral, naqueles dias”.

Tost sentiu que Vettel teve um efeito rejuvenescedor na Toro Rosso, e isto deixou-o convencido de que o piloto seria um futuro campeão do mundo.

“Quando chegou até nós, trouxe sangue fresco, novas ideias”, acrescentou Tost. “Ele era muito exigente e fazia muitas perguntas. Ele entrou em detalhes, o que é muito importante, e estava sempre de bom humor, embora tivéssemos no início alguns problemas com o carro. Mas ele levou a equipa para a frente, e como resultado, ganhou connosco, a Scuderia Toro Rosso, a corrida em Monza. Foi a sua primeira vitória, foi a primeira vitória da Scuderia Toro Rosso”.

“Com a sua forma de trabalhar, ficou claro para mim que ele se tornaria num grande piloto. Estava convencido de que ele poderia tornar-se num campeão do mundo de Fórmula 1, se ele estivesse na altura certa e na equipa certa, como foi o caso da Red Bull Racing”, admitiu o diretor de 66 anos.

“Vamos sentir a sua falta. Eu pessoalmente [sentirei], é claro”, disse Tost. “É uma pessoa fantástica, sempre aberto, e foi muito, muito bem-sucedido. Vamos recordá-lo sempre porque, com quatro títulos de campeão do mundo, ele está no topo da lista, atrás de Michael [Schumacher] e [Lewis] Hamilton”. [Juan Manuel] Fangio tem cinco, e depois é ele e [Alain] Prost, por isso ele tem lugar na história. Na Scuderia Alpha Tauri, há uma escadaria chamada Vettel, por isso recordá-lo-emos sempre com fotografias fantásticas, as suas performances, e a vitória de Monza. Desejo-lhe a ele e à sua família tudo de bom para o futuro”, concluiu Franz Tost.

Por Eduardo Moreira

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
últimas Autosport Exclusivo
últimas Autosport
autosport-exclusivo
Autosport

GRÁTIS
BAIXAR