F1, Andy Green: “2021 vai trazer a maior mudança aerodinâmica da história”

Por a 10 Fevereiro 2019 12:30

A temporada de 2019 está prestes a começar, mas já se pensa na temporada de 2021 há algum tempo. Andy Green, engenheiro e diretor-técnico da Racing Point, diz que as mudanças aerodinâmicas para 2021 serão as maiores desde a eliminação do efeito solo.

“Em 2021, vamos ter a maior mudança de regulamento aerodinâmico da história. Algo semelhante ao que aconteceu quando desapareceu o efeito solo. Estou ansioso por isso. As mudanças de 2021 não têm nada a ver com as mudanças de 2019. É algo completamente diferente. Vai ser muito empolgante para os engenheiros, ao trabalhar num ajuste de regulamentos completamente diferente, como estão a propor. Mal posso esperar, vai ser incrível. Estes carros em que eles estão a trabalhar para 2021, acredito que vão fazer uma grande diferença nas corridas”, disse Green em entrevista ao Autosport britânico.

O engenheiro e diretor-técnico da Racing Point diz-se muito empolgado para 2021.

Visualizou de 4 artigos abertos

O AutoSport limitou a 4, o número de artigos
que poderá ler sem fazer login
Para continuar a ler livremente
os artigos AutoSport,
por favor faça login aqui
Caso não esteja ainda registado,
faça agora aqui o seu
registo gratuito
  • Não é possível alterar o nome de utilizador.

    2
    Deixe um comentário

    Please Login to comment
      Subscribe  
    Notify of
    addicta
    Membro
    addicta

    Esperemos que as mudanças funcionem na perfeição. Que finalmente permitam os carros seguir perto uns dos outros e ter corridas com mais lutas em pista

    can-am
    Membro
    can-am

    Não tem noção da História.
    As maiores mudanças foram nos anos 60 e 70 com a passagem do motor para a traseira e o advento da aviação nas corridas. Se compararmos um carro de 1972 com um de 1962 não tem nada a ver. Contudo,se compararmos um carro de 1980 com um de hoje…pouca diferença faz e a que faz até pode ser para pior !

    últimas F1
    últimas Autosport
    AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/motosport.png