Novo Suzuki Ignis a partir de 12.820€

Por a 17 Março 2017 09:46

 

Os modelos crossover estão de facto na ribalta no mercado, com as marcas a munirem-se de esforços para apresentarem as melhores propostas. A mais recente oferta vem da Suzuki, com o Ignis, que chega ao mercado nacional em abril. A proposta de entrada é a variante com motor 1.2 litros Dualjet GLX manual 2WD de 90 cv por um preço de 12.820€. Disponível há também uma versão com sistema híbrido.

303_4

Exterior e interior

O modelo foi apresentado no passado Salão Automóvel de Paris e herda elementos das primeiras gerações do Suzuki Cervo e Vitara, para além de elementos do anterior Swift. O Ignis é um SUV compacto que combina linhas retas com os traços curvos de determinados pontos da carroçaria. A bagageira é de 260 litros.

BlancoPerladoCA1_4 (1)

Na sua concepção a marca utilizou a sua nova plataforma que está disponível também com o sistema híbrido SHVS, que equipa o Baleno. O Ignis incorpora duas câmaras que controlam a distância entre o veículo e outros objetos e que fazem a leitura das linhas da faixa de rodagem. O sistema analisa a forma dos objetos para reconhecer se se trata de outros veículos ou de peões. Deste modo o sistema pode exercer três distintas funções: Dual Camera Brake Support (DCBS), que significa assistência à travagem por meio de ambas as câmaras, aviso de saída de faixa e alerta de ziguezagueio.

No interior temos um écran táctil, que inclui um écran áudio com função de navegação, herdado de modelos Vitara e S-Cross. O sistema dispõe de vários sistemas de conectividade – Android Auto; CarPlay; e Mirror Link – para smartphones que permite ao condutor aceder às aplicações compatíveis através do écran táctil de 7 polegadas.

InteriorACCAzul_4

Motorização

O Ignis está equipado com o motor gasolina 1.2 Dualjet de 90 CV, podendo combinar-se o sistema híbrido SHVS (Smart Hybrid Vehicle by Suzuki) – fornece 4 CV extra e permite uma eficiência de consumo de gasolina maior. Esta tecnologia baseia-se numa bateria extra de 3kWh de capacidade e de um dispositivo elétrico que apoia o motor a gasolina de acordo com a necessidades de aceleração. O carregamento da bateria é feito com a energia que se produz na desaceleração do motor e na travagem.

Embora o sistema SHVS só se possa combinar com a tração 4×2 o motor 1.2 Dualjet disponibiliza também o sistema 4×4 Allgrip Auto da Suzuki que distribui automaticamente o binário às rodas dianteiras e traseiras quando deteta que as rodas dianteiras perderam tração. O sistema Allgrip Auto consegue uma redução no consumo do combustível ao mesmo tempo que maximiza o comportamento do veículo e aumenta a segurança na condução sobretudo em pisos com pouca aderência ou sobre superfícies com neve. O novo Ignis disponibiliza caixa manual de cinco velocidades em toda a gama, podendo optar-se na versão 4×2 Dualjet pela caixa automática de cinco velocidades AGS (Auto Gear Shift).

A gama Ignis disponibiliza dois níveis de equipamento, GLE e GLX. Na versão de acesso à gama, GLE, destaca-se o computador de bordo, os bancos dianteiros aquecidos e écran táctil, que inclui câmara de visão traseira. A versão GLX acrescenta faróis de LED, sistema de navegação, controlo de velocidade com limitador, ar condicionado automático e arranque sem chave.

Preços:

1.2 litros Dualjet GLX manual 2WD – 12.820€

1.2 Dualjet GLX manual 2WD – 13.821€

1.2 Dualjet 1.2 AGS (cx auto) 2WD – 14.736€

1.2 Dualjet GLX manual SHVS – 14.276€

1.2 Dualjet GLE AllGrip – 13.655€

1.2 Dualjet SHVS GLE AllGrip – 15.434€

Nota: Preços com incentivo de lançamento de 2.033€ e mais 1.000€ se o financiamento for através da financeira da Suzuki.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

últimas AUTO+
últimas Autosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/motosport.png