WTCR: Morbidelli sofreu acidente no teste de BoP

Por a 13 Fevereiro 2018 18:45

Decorrem os testes que irão determinar o Balance of Performance de 2018 para o WTCR e para os campeonatos TCR, na pista de Valência, em Espanha. Em pista estão 11 máquinas  que antes de passarem para as mãos dos pilotos designados para o teste, rodaram com os pilotos das equipas para ultimar afinações.

Na lista de pilotos das equipas encontramos Mario Ferraris (Alfa Romeo Giulietta), Rahel Frey  (Audi RS3 LMS), Josh Files e Esteban Guerrieri  (Honda Civic nas versões de 2017 e 2018), Gabriele Tarquini  (Hyundai i30 N TCR), Mike Halder (KIA C’eed TCR), Mikhail Grachev (LADA Vesta TCR), Alexander Heil (Opel Astra TCR), Aurélien Comte  (Peugeot 308 TCR), Franjo Kovac e Alex Morgan  (Renault Mégane TCR), Jordi Gené  (SEAT León  TCR) e Dieter Depping  (Volkswagen Golf GTI TCR).

 

Dan Lloyd ficou responsável por pilotar os carros, às ordens dos homens da FIA e do TCR, e teve a ajuda de Gianni Morbidelli, que infelizmente teve um acidente com o Megane, que sofreu um problema no sistema de travagem. Morbidelli foi levado para o centro médico e sofreu lesões ligeiras no pé direito. Por certo dará nota negativa ao carro francês preparado pela Vuković Motorsport, ao nível da capacidade de travagem.

Além dos testes em pista os carros estão também a ser testados num banco dinamométrico, para medir diferentes parâmetros que serão agregados aos tempos por volta feitos, que dará um BoP que será conhecido em Março.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

últimas VELOCIDADE
últimas Autosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/motosport.png