WEC, Filipe Albuquerque: “Perdemos tempo nas ultrapassagens a carros atrasados”

Por a 17 Julho 2017 10:01

A segunda posição na categoria LMP2 nas 6 Horas de Nurburgring deixa Filipe Albuquerque satisfeito e com o sentimento de missão cumprida, mas também ciente de que a vitória só escapou à equipa do Oreca nº 31 devido a detalhes como as dobragens e à atuação de Ho Pin Tung no protótipo nº 38 da Jackie Chan Racing.

“Fizemos uma excelente corrida, sem erros nem outras preocupações. Perdemos algum tempo nas ultrapassagens a carros mais atrasados e infelizmente para nós, o piloto ‘silver’ do outro carro é excelente e fez um trabalho notável sem que fosse possível para mim ou para o Bruno recuperar a totalidade do tempo perdido”, considerou o piloto de Coimbra.

“Fizemos o que podíamos e simplesmente não fomos os mais fortes. No que ao meu trabalho diz respeito, saio de Nurburgring com o sentimento de dever cumprido. Sei que a equipa está grata pelo meu trabalho e eu igualmente, por ter tido a oportunidade de disputar a prova. Adaptamo-nos todos muito bem e isso foi ótimo. Agora espero que a equipa continue a somar bons resultados e a manter-se na luta pelo título até ao final”, acrescentou Filipe Albuquerque, chamado para substituir Nicolas Prost, a competir na Fórmula E em Nova Iorque no mesmo dia desta corrida.

Deixe um comentário

1 Comentário em "WEC, Filipe Albuquerque: “Perdemos tempo nas ultrapassagens a carros atrasados”"

Fernando Cruz
Membro

Em Silverstone ou Spa teriam ganho. Aqui as coisas não correram tão bem e o facto de a Jackie Chan só ter pilotos rápidos também fez a diferença. Mas o Filipe fez um trabalho fantástico e nesta pista tenho quase a certeza que com o Nicolas Prost nem ao pódio chegavam…

últimas VELOCIDADE
últimas Autosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/motosport.png