GP Macau F3: JAKE HUGHES NA POLE PROVISÓRIA

Por a 14 Novembro 2019 09:36

Jake Hughes assegurou a pole-position provisória para o Grande Prémio de Macau de Fórmula 3 – Taça do Mundo de F3 da FIA, depois de ter batido por curta margem David Beckmann na primeira das duas qualificações.

O britânico bateu o recorde oficioso do traçado de manhã no processo que o levou ao topo da tabela de tempos, com a sua marca de 2m06,793s a assumir-se como a melhor volta de sempre de um Fórmula 3 no circuito da Guia.

Foi Marcus Armstrong o primeiro a impor o ritmo na qualificação, com um registo de 2m10,154s, o que o colocou com um décimo de segundo de vantagem para o piloto da SJM Prema Theodore Racing, Robert Shwartzman, depois da primeira ronda de voltas lançadas.

Quando o relógio marcava dez minutos a sessão foi interrompida pela primeira vez, com Enaam Ahmed a precipitar o aparecimento de bandeiras vermelhas devido a uma passagem pela escapatória da Curva Lisboa.

O recomeço foi seguido por uma onda de melhoramentos, com Shwartzman a liderar o caminho, com os tempos a descerem para o segundo 2m08s. Mas a ação em pista foi breve, uma vez que a Curva Lisboa voltou a atacar, com Max Fewtrell a bater na parede exterior, provocando uma segunda paragem.

Uma vez mais, o reinício trouxe uma nova melhor marca, Jüri Vips lançou-se para o topo com o registo de 2m06,943s. Mas a passagem do estónio pelo topo durou pouco, dado que Jake Hughes alcançou o crono que lhe daria o primeiro lugar da tabela de tempos definitivamente minutos depois. Paralelamente, David Beckmann caiu para segundo, tendo o seu tempo ficado a apenas 0,05s de Hughes e sido um décimo mais rápido que o de Vips.

Com cinco minutos por cumprir, nova situação de bandeiras vermelhas, desta feita devido à paragem em pista de Olli Caldwell, da Trident Motorsport, a caminho da Curva dos Pescadores. Mas desta feita, não houve melhoramentos no recomeço, diversas situações de bandeiras amarelas e uma interrupção definitiva, quando Yuki Tsunoda bateu na Curva da Maternidade, ajudaram a manter a volta de Hughes inalcançável.

Armstrong terminou em quarto atrás de Vips, tendo o neozelandês sentido dificuldades com o tráfego ao longo da sessão. Logan Sargeant alcançou um impressionante quinto lugar, seguido pelo duplo vencedor da prova, Dan Ticktum, e Callum Ilott.

Frederik Vesti foi o oitavo mais rápido, seguido de Shwartzman, que apanhou as bandeiras amarelas e as bandeiras vermelhas em momentos de azar, tendo ainda realizado um pião na volta de saída para a sua derradeira volta lançada.

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas F3 EUROPA
últimas Autosport