assinaturas

Adeus, GP3. Olá, Fórmula 3!

Por a 9 Maio 2019 14:19

A nova Fórmula 3 arranca este fim de semana em Barcelona. É o adeus GP3, sendo que a ‘nova’ Fórmula 3 normaliza as denominações das categorias de acesso à Fórmula 1, mas não só…

Acabou-se a GP Series. Renasceu a Fórmula 3. O ano de 2019 marca o relançamento da Fórmula 3, uma competição que sucede à GP3 Series, com a FIA a tornar coerente as competições de acesso à F1. Não há muito tempo, era a GP2 e GP3 que davam acesso à F1, agora passa tudo a ser Fórmula 2 e Fórmula 3. Mas o principal não muda, já que a nova F3 continua a ser mais um degrau para os jovens ambiciosos que querem rumar um dia à Fórmula 1.

Ainda e sempre com algumas das melhores equipas a suportar a competição, a Fórmula 3 promete ser um dos campeonatos mais emocionantes do automobilismo. O campeonato foi projetado para ser um campo de treino de pilotos perfeito para o passo seguinte, a Fórmula 2. O monolugar da F3 2019 é completamente novo. Usando o mesmo chassis, motor e pneus Pirelli, são os jovens pilotos que têm de fazer pela vida e mostrar as suas capacidades, tanto em termos de velocidade quanto na gestão de pneus, exatamente o mesmo que terão de fazer quando subirem de escalão. Com duas corridas por fim-de-semana, e grelhas invertidas, a luta pelos pontos será, como sempre muito acirrada.

Como era hábito com a GP3, todos os eventos do calendário acompanham a Fór-mula 1, com o arranque a dar-se em Espanha, Barcelona, terminando oito eventos depois em Sochi, na Rússia.

O carro tem um motor Mecachrome de seis cilindros, 3.4 litros aspirado, debita 380 cv/8000 rpm, caixa de velocidades sequencial, 300 km/h de velocidade máxima, com a aceleração dos 0-100 km/h a dar-se em apenas 3.0 segundos.

O plantel tem muitas caras novas, por exemplo Teppei Natori, segundo no Campe-onato Japonês de F4 em 2018, o campeão da Euroformula Open, Felipe Drugovich, e o vencedor da corrida Eurocup Formula Renault, Logan Sargeant.

Marcus Armstrong e Robert Shwartzman continuam com a Prema Racing, tal co-mo Jehan Daruvala, que trocou a Carlin pela equipa italiana.
A Honda promoveu o campeão japonês de F4, Yuki Tsunoda, Artem Petrov juntou-se à Jenzer Motorsport, Jüri Vips, continua na Hitech Grand Prix, tal como Leonar-do Pulcini, que correu com Campos Racing na GP3.

Depois de correr na GP3 Series com a Jenzer Motorsport e Trident, David Beck-mann assinou com a ART Grand Prix, que também contratou os pilotos da Renault Sport Academy, Max Fewtrell e Christian Lundgaard. Sebastián Fernández e Alex Peroni juntaram-se à Campos Racing e o italiano Alessio Deledda também entrou na equipa. Keyvan Andres Soori está agora na HWA Racelab onde será colega de equipa de Bent Viscaal.

CALENDÁRIO
DATA LOCAL PAÍS
10-12 Maio Barcelona Espanha
21-23 Junho Le Castellet França
28-30 Junho Spielberg Áustria
12-14 Julho Silverstone Grã-Bretanha
02-04 Agosto Budapeste Hungria
30 Agosto-1 Setembro Spa-Francorchamps Bélgica
06-08 Setembro Monza Itália
27-29 Setembro Sochi Rússia

assinaturas

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas F3 EUROPA
últimas Autosport