Clássicos: Novo triunfo de João Macedo e Silva

Por a 14 Abril 2019 17:44

Naquele que foi um dos plantéis que mais animou o fim de semana do Estoril, e impondo mais uma vez a competitividade do seu Porsche 911 RSR, João Macedo Silva venceu também a segunda corrida dos Clássicos, que arrancaram a sua época este fim de semana no Circuito do Estoril. O piloto do Porsche laranja deixou Rui Costa (Ford Escort RS 1600) a 22.846s com Joaquim Jorge (Ford Escort RS 1600 MK1) a 32.358. Depois de ter sido segundo na primeira corrida, Pedro Bastos Rezende (Porsche 911) foi quarto a 35.393s. Todos estes concorrentes pertencem aos H75.

Houve algumas batalhas aguerridas, entre os Clássicos e Clássicos 1300, num conjunto de máquinas sempre interessantes de vere que apimentam muito o tradicional espírito nostálgico. Depois de ter tido que recuperar de uma má partida, na primeira corrida, na segunda, Macedo e Silva liderou de fio a pavio, mostrando-se perfeitamente inalcançável aos seus adversários. Mais atrás, as duas corridas tiveram muito mais ‘sumo’, tendo momentos bem interessantes.

Um exemplo, a forma como Pedro Bastos Rezende (Porsche 911) vindo de trás, suplantou Joaquim Jorge e Rui Costa para chegar à segunda posição. Contudo, nesta segunda corrida, Bastos Rezende esteve a um nível mais baixo, e foi apenas 4º, com os dois Ford Escort de Rui Costa e Joaquim Jorge – mesmo com problemas de direção, na luta pelo segundo lugar.

Habitualmente, os mais rápidos em pista a seguir aos H75, são os Grupo 5 e Luís Carlos, não deixou os seus créditos por mãos alheias ao levar o seu Ford Escort RS MK II duas vezes à vitória. Na primeira deixou atrás de si Marco Pinto (BMW 1600 1.9) e nesta segunda o segundo foi Jorge Leite (Mazda RX-2 S122A), com João Cruz (Ford Anglia de Luxe) a fechar o pódio da categoria em qualquer uma das corridas.

Nos Históricos 71, Bruno Pires (Datsun 1200) não conseguiu fazer corresponder o tempo mais rápido dos treinos à vitória na Corrida 1, que ficou, com todo o mérito, para o Lotus Elan de Joaquim Soares, enquanto João Vieira (Porsche 914-6 GT) completou o pódio. Mas, vingou-se no segundo tira-teimas do dia, pisando o lugar mais elevado do pódio, com larga margem de vantagem para João Vieira e Bruno Duarte (Alfa Romeo 2000 GT Veloce GTAM).

Nos H81, Fernando Xavier VW Scirocco venceu a categoria, batendo Pedro Poças (Porsche 924) e Nuno Augusto Ford Escort MK2 (Pinto).

Clássicos 1300: Bruno Pires bisa triunfo
Depois da primeira corrida dos Clássicos 1300, ter redundado num triunfo de Bruno Pires (Datsun 1200), que terminou bem na frente de José Fafiães (Datsun 1200), com o MG Midget de Paulo Miguel em terceiro, a segunda foi quase tirada a papel químico, mas com uma exceção.

Bruno Pires (Datsun 1200) voltou a vencer na frente de José Fafiães (Datsun 1200), mas desta feita o terceiro classificado foi João Braga (Datsun 1200).
Paulo Miguel (MG MIDGET) desta feita não foi além do quarto posto, depois de uma bela batalha com Cândido Monteiro, em Datsun 1200, com ambos a terminarem separados por muito pouco.

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas CNCC
últimas Autosport