/todooterreno/dakar/memoria-20-anos-a-estreia-de-victor-jesus-no-dakar-experiencia-enriquecedora/
MEMÓRIA, 20 ANOS: A estreia de Victor Jesus no Dakar: “Experiência enriquecedora” | AutoSport
 

MEMÓRIA, 20 ANOS: A estreia de Victor Jesus no Dakar: “Experiência enriquecedora”


Nascido em 1965, Victor Jesus estreou-se no Dakar ao lado de Carlos Sousa em 2002. Há precisamente 20 anos, na sua já na altura longa carreira de navegador, Victor Jesus esteve presente na maratona africana, ao lado de Carlos Sousa, realizando assim um sonho antigo que muito poucos continuam a ter oportunidade cumprir. Apesar de tudo, também ele lamentou que o balanço final não pudesse ter sido ainda mais positivo, “pelo menos, ao nível do resultado, já que em relação a outros aspetos, esta foi, de facto, uma experiência muito enriquecedora para mim, mas bem mais dura do que alguma vez imaginei.
Só estando aqui é que conseguimos ter a verdadeira noção do que é esta prova e, sobretudo, do que ela exige de um piloto, quer em termos físicos, quer em termos psicológicos”.
E continua: “é uma prova muito específica e com um cariz muito especial, diferente de tudo o que estava habituado no campeonato português”. No que se refere ao resultado, o navegador de Tomar é de opinião que “seria muito difícil, senão mesmo impossível, fazer melhor do que o quinto lugar. É certo que tivemos alguns pequenos azares pelo meio, como em Marrocos, mas tendo em conta a diferença da Strakar para o Pajero, era realmente impossível subirmos mais na classificação. De qualquer forma, nem isso foi capaz de abalar a nossa motivação, a nossa vontade de fazermos sempre melhor. Penso que demos sempre o nosso melhor”, finalizou, deixando no ar o desejo de voltar “já para o ano!”.
Voltou, tem vários Dakar no palmarés, até de camião…