Dakar, Carlos Sainz: “Cinco dias de areia foi demasiado mas há ainda muito Dakar pela frente”

Por a 12 Janeiro 2018 16:44

Carlos Sainz e Lucas Cruz chegam a meio do Dakar como a única equipa que ainda pode, em condições normais, lutar com Stéphane Peterhansel pela vitória no Dakar, pois tem 27 minutos de atraso face ao fracnês, seu colega de equipa. Os três Toyota que se seguem na classificação, Bernhard Ten Brinke, Nasser Al-Attiyah e Giniel de Villiers, estão a uma distância que fica entre 1h20m41s e 1h35m59s, pelo que não será em performance que poderão lá chegar.

Nesta última etapa, a dupla espanhola dominou a ação deste dia e foi a mais rápida, deixando os seus adversários a mais de 4 minutos: “Desde o início do rali que temos estado em traçados sem pistas definidas, na areia, que não é o meu tipo de terreno favorito. Nesta Etapa houve muitas retas, não sendo tão emocionante, mas foi bom termos esta mudança de cenário, pois cinco dias de areia foi demasiado. Há ainda muito Dakar pela frente, com longas Especiais de 400 ou 500 quilómetros, bem como uma Etapa Maratona, pelo que qualquer coisa pode acontecer” disse Carlos Sainz.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

últimas TT
últimas Autosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/motosport.png