CPTT, Edgar Condenso: “Não me recordo de um ano com tantos pilotos capazes de vencer…”

Por a 24 Maio 2019 09:51

O Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno segue já no próximo fim de semana, 25 e 26 de maio, com a Baja TT Capital dos Vinhos de Portugal.

Um evento desde logo muito especial para Edgar Condenso e Nuno Silva, parceiros oficiais através da Consilcar: “Gostamos muito de todas as provas, mas esta, claro que tem um gosto especial. É uma baja que apoiamos desde o ano passado, temos uma excelente relação com o organizador, a Secção de Motorismo da Sociedade Artística Reguenguense, e por isso sentimos que temos uma responsabilidade extra, não só como pilotos, mas também com a preocupação para que tudo corra bem”, explicou Nuno Silva.

Neste sentido, Edgar Condenso lembrou: “Este ano, pela primeira vez, a apresentação oficial do evento foi nas nossas instalações da Consilcar, o que para nós significa muito, é um grande prazer receber todos os envolvidos na modalidade em Portugal, porque mais que competição, no todo-o-terreno o ambiente é muito familiar e saudável. Estamos todos aqui pela paixão por este desporto.”

A baja alentejana, sedeada em Reguengos de Monsaraz, é assim o próximo desafio dos pilotos, e Edgar Condenso faz questão de salientar: “O campeonato está muito competitivo, arrisco-me a dizer que não me recordo de um ano com tantos carros e pilotos capazes de vencer em cada prova”, frisou o piloto, acrescentando: “Para Reguengos não traçamos metas em termos de resultados, porque ao nível a que a competição está, é muito difícil fazer previsões. Mas ser rápido e estar no top 5 é sempre um desejo.”

Para tal o Team Consilcar tem estado a trabalhar no seu Opel Mokka Proto, com o objetivo de o fazer evoluir em sintonia com as necessidades da equipa: “O carro já provou que tem potencial e as primeiras provas serviram precisamente para o conhecer. Agora estamos numa fase em que temos de o adaptar ao meu estilo de condução, para poder tirar o melhor partido dele. Mas isso é algo que tem que ser feito de forma gradual, é um trabalho que se vai construindo. Para esta prova fizemos alguns quilómetros com o Opel, mudámos o rapport da caixa, que agora está mais longo, e vamos ver como nos adaptamos e tudo corre. Mas ainda há trabalho a fazer”, explicou Edgar Condenso.

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas CPTT -CAMPEONATO PORTUGAL TODO TERRENO
últimas Autosport