/ralis/wrc/vodafone-rally-de-portugal-2009-segunda-vitoria-de-loeb/
Vodafone Rally de Portugal 2009: Segunda vitória de Loeb | AutoSport
 

Vodafone Rally de Portugal 2009: Segunda vitória de Loeb


A edição de 2009 ficou marcada pelo segundo triunfo de Sébastien Loeb e pelo assustador acidente de Jari-Matti Latvala que provou ao ‘mundo’ que

os WRC quase tudo aguentam…

A grande história de 2009 teve a ver com o pavoroso acidente de Jari-Matti Latvala no troço do Malhão. O piloto da Ford cometeu um erro numa zona rapidíssima da especial e o seu Focus WRC foi catapultado por cima dos rails que delimitavam a esquerda rápida que havia para negociar, e o carro capotou dezena e meia de vezes até se imobilizar bem no fundo de uma ravina com uma altura de cerca de 70 metros. O Ford ficou completamente destruído, mas o roll-bar susteve bem os inúmeros embates. Piloto e navegador saíram quase incólumes, somente com alguns arranhões, o que mostrou ao mundo o que ‘valiam’ os WRC da altura em termos de segurança. Latvala entrou na prova completamente ao ataque, e no momento do acidente o finlandês já liderava com 10.6s de avanço para Dani Sordo. Sébastien Loeb dista­va 35.5s, fruto da sua posição na estrada, tinha que a ‘limpar’. Desta forma, Mikko Hirvonen fi­cou sozinho a defender as cores da equipa ofi­cial da M-Sport, enquanto Marcus Gronholm, que realizou um regresso esporádico ao WRC, aos comandos de um Subaru Impreza, rodava logo a seguir. No final do dia, já Sébastien Loeb tinha entrado em ‘modo’ recuperação e o francês só precisou de mais dois troços para chegar ao coman­do da prova, ainda o rali não tinha chegado a meio. Daí para a frente foi sempre a acumular margem, que foi subindo em quase todos os troços, paulatinamente, com Loeb a terminar

orali 24.3s na frente de Hirvonen. Sordo, no segundo C4 WRC, completou o pódio. Armindo Araújo foi uma vez mais o melhor português e a vitória na categoria PWRC se­ria um passo importante para a conquista do título mundial no final do ano. O piloto da Mitsubishi terminou o rali com mais de um minuto de avanço para Martin Prokop, no nono lugar da geral.