WRC: O fim de uma sonhada expansão?

Por a 9 Agosto 2017 09:57

Os promotores do Rali da Nova Zelândia ficaram a saber que o WRC não se vai expandir depois de uma série de novos eventos que falharam, como sucedeu mais recentemente com a China. Dezasseis provas fora da Europa fazem parte da história do WRC. Treze desses eventos não resultaram, com doze devido a uma organização adequada, e um (Nova Zelândia) ficou de fora contra a sua vontade, aparentemente devido à sua remota localização geográfica.

Os organizadores da Nova Zelândia sabem que “uma nova prova fora da Europa mostrou ser demasiado difícil, devido a questões comerciais”. Os planos para um futuro Rali da Nova Zelândia no WRC sofreram uma reestruturação para preencherem os requisitos organizacionais atuais, com a expetativa de um regresso do ao Campeonato do Mundo de Ralis em 2018 a ser sempre prematuro.

No ano passado a FIA sugeriu que as únicas mudanças possíveis no calendário do WRC poderiam ser um regresso à Turquia (ideia abandonada devido à segurança instável da região e fora da Europa) e a Croácia, para um rali de terra num país cujo primeiro rali foi disputado em asfalto.

Martin Holmes

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

últimas Ralis
últimas Autosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/motosport.png