Quando um piloto se ‘reforma’ porque a filha ainda não sabia andar de bicicleta

Por a 18 Março 2017 08:31
carlos sainz

Carlos Sainz anunciou a sua retirada dos ralis no final da temporada de 2004. Volvidos 13 anos, sabe-se que o piloto ainda continua ativo ao mais alto nível, já tem ‘sucessor’ na alta roda, curiosamente, não nos ralis, como se sabe, mas sim na Fórmula 1, mas quando ‘El Matador’ descalçou as luvas, poucos esperavam que dissesse o que disse. Na verdade a notícia não apanhou ninguém de surpresa, na altura, já que desde o ano anterior se sabia que o espanhol se preparava para sair. No último momento, Sainz recuou para cumprir a última vénia ao “Mundial” de Ralis e despedir-se em definitivo e em apoteose. Com 42 anos e 18 de carreira, era fácil adivinhar as razões do abandono. Com a calma que lhe é reconhecida, a Sainz bastou afirmar: “A minha filha disse-me que não sabe andar de bicicleta… ela tem seis anos, imaginem!” Não foi preciso explicar muito mais. As razões de ordem familiar juntam-se a insustentável pressão de participar em 16 rondas do calendário. Já no início desse ano, o espanhol declarava: “há uma inaceitável cultura na FIA de mudar, mudar, mudar”, até que no final do Rali de França/Córsega Sainz confidenciava aos amigos: “não são os 16 ralis do campeonato que me aborrecem, é o trabalho de preparação, o longo tempo passado nos reconhecimentos, os testes entre as provas”. Depois de guiar para a Ford, Toyota, Subaru, Lancia (Jolly Club) e Citroën, de estabelecer o recorde de 26 vitórias (na altura) no Campeonato do Mundo de Ralis, de ter pisado por 94 vezes o pódio nos teu ralis disputados até à Córsega e de se ter sagrado por duas vezes Campeão do Mundo (1990 e 1992 sempre com a Toyota), o piloto madrileno colocou o ponto final da sua carreira. Antes disso, ajudou ainda a Citroën na conquista do seu segundo título de Marcas e amparou Sebastien Loeb na chegada ao seu primeiro título de Pilotos (vejam lá ao tempo e foi e quanto mais o francês somou depois). Foi também por isso que a decisão foi tão difícil de tomar já que a casa-mãe francesa lhe ofereceu todas as possibilidades para continuar a colaboração. Mas Sainz, colocou o profissionalismo a falar uma vez mais alto, renunciando, sem deixar de agradecer a ‘amabilidade’: “na minha vida fiz sempre as coisas com muita paixão e a 100 por cento, talvez seja esse o meu segredo. Fazer as coisas a meio termo nunca foi a minha filosofia de vida!”. Respeitado por todas as equipas por onde passou e por todos os seus rivais, Carlos Sainz encerra em si mesmo um capítulo importante da história do Campeonato do Mundo de Ralis. Por muitos e melhores “Sainz’s” que possam aparecer no futuro, o “genuíno” Sainz nunca perderá o seu lugar no coração dos amantes dos ralis. Pelo menos passou a ter tempo para ensinar a filha a andar de bicicleta, como se prova pela foto, com a jovem Blanca Sainz a ter bem mais do que seis anos…

Deixe um comentário

3 Comentários em "Quando um piloto se ‘reforma’ porque a filha ainda não sabia andar de bicicleta"

Ordenar por:   recente | antigo | mais votado
joseaalves
Membro
Dá para perceber que vê ralis à pouco tempo, mas a escola que frequentou, com certeza ensinou escrever de forma mais lúcida e a reler o que escreveu,antes de publicar, não faz mal, não se preocupe! Irrar qualquer um irraaa, não verdade? Na verdade, o Sainz foi um piloto de ralis de se lhe tirar o chapéu, e faz parte da lista A++. Desde que vejo ralis, muito raros foram os pilotos com capacidade como o Carlos, sim porque parece fácil, mas na verdade é muito preciso e sobretudo não admite o micro erro, caso contrário, já era! Quem o… Ler mais »
alexis
Membro

Eu penso que está a fazer uma grande confusão quando fala de perder o titulo com o Focus a incendiar, eu penso que a situação a que se queria referir foi no RAC em 1998 em que ele perde o titulo para o Makinen a 300 metros do final devido ao motor ter entregue a “alma ao criador”, só que era um Corolla e não um Focus.

joseaalves
Membro
Alexis, a confusão não é grande, mas se estou errado, sou o 1º a admitir o erro ou confusão como queiras, mas como foi um comentário de resposta rápida, estava convicto que era o Focus, peço desculpa, mas na verdade… IRRAR QUALQUER UM IRRRRRAAAAA!!!!! Assim é que é, e isto é só para alguns. Os outros, são simplesmente e só, o que são! Não tive a oportunidade de confirmar, mas acredito e isso deu um voto positivo no teu ecrã, mas estava mesmo convencido que era o Focus. Tenho que fazer revisão da matéria, dentro de poucos anos aparecem os… Ler mais »
wpDiscuz
últimas Ralis
últimas Autosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/motosport.png

Facebook

Instagram

Follow Me on Instagram
  • #Goodwood #Porsche #73MM

    autosport_oficial: "#Goodwood #Porsche #73MM
"
    145
    3
  • Close Calls... #autosport #closecalls

    autosport_oficial: "Close Calls...
#autosport #closecalls"
    86
    5
  • F3 Crash 💥 #carcrash #f3

    autosport_oficial: "F3 Crash 💥
#carcrash 
#f3"
    43
    0
  • Lewis Hamilton getting ready for Brazil GP @f1 @lewishamilton 🏁👊🏻 #racing #f1 #brasil

    autosport_oficial: "Lewis Hamilton getting ready for Brazil GP
@f1 @lewishamilton 🏁👊🏻
#racing #f1 #brasil"
    44
    2
  • MINI with 12 Cars for the New Dakar Edition 👏 @mini @dakarrally #Dakar #Mini

    autosport_oficial: "MINI with 12 Cars for the New Dakar Edition 👏
@mini @dakarrally 
#Dakar 
#Mini"
    43
    0
  • World Endurance Championship 🏁 #WEC

    autosport_oficial: "World Endurance Championship 🏁

#WEC"
    38
    0
  • Surtes & Parkes, Ferrari 330 P3 Spyder Nurburgring, 1000KM #Ferrari #Nurburgring

    autosport_oficial: "Surtes & Parkes, Ferrari 330 P3 Spyder
Nurburgring, 1000KM

#Ferrari
#Nurburgring"
    38
    1
  • Porsche 911 #Porsche #911

    autosport_oficial: "Porsche 911
#Porsche #911"
    25
    0
  • Porsche 911, 12 Hours of Sebring

    autosport_oficial: "Porsche 911, 12 Hours of Sebring"
    20
    0
  • Nurburgring, 24h 1972 #Vintage #vintagemotorsport

    autosport_oficial: "Nurburgring, 24h
1972
#Vintage #vintagemotorsport"
    30
    1