Como se ‘lixa’ um possível triunfo a um colega de equipa?

Por a 18 Março 2017 10:19

O Rali do México ficou marcado por um episódio que Eric Camilli não gostou mesmo nada! Depois de ter lutado metro a metro com Pontus Tidemand, pela vitória no WRC2, o francês ficou sem hipóteses de dar luta ao seu adversário nos últimos troços por culpa de… Ott Tanak. Como se recordam, o estónio bateu violentamente contra uma árvore nos reconhecimentos, com o seu Volvo e para os reconhecimentos dos últimos troços ‘roubou’ o carro a Camilli, que dessa forma não pode tirar devidamente notas dos últimos troços: “O Eric teve que fazer os reconhecimentos dos últimos três troços num carro alugado”. Como se sabe, os carros de reconhecimentos estão preparados para as dificuldades dos troços, ‘coisa’ que um carro de aluguer não está e a este nível isso faz diferença. Como se viu, chegaram ao último dia separados por dois segundos e terminaram com…42.7s de diferença…

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

últimas Ralis
últimas Autosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/motosport.png