Ralicross de Castelo Branco: Qualificações

Por a 2 Agosto 2020 09:00

O Complexo de Desportos Motorizados do Lanço Grande, recebe a terceira jornada do PTRX 2020. Devido à atual situação, esta é mais uma prova realizada sem público, mas que está a ser transmitida em “live stream”. Veja como estão as coisas após corridas de qualificação.

Iniciação
Rafael Rêgo aos comandos de um Peugeot 106 e André Monteiro, em Toyota Corolla “discutiram” entre si o melhor lugar no pódio das qualificações de sábado, mas no final do dia, a vantagem ficou para o piloto do 106. Com Monteiro em segundo, o fecho do pódio foi assegurado por Gonçalo Rocha (Peugeot 106), com uma apresentação pautada pela regularidade. Rafaela Barbosa em Citroën AX assegurou o quatro lugar. Menos sorte para Gonçalo Novo e Guilherme Nunes, em quinto e sexto, respectivamente, que não tiveram a melhor colaboração por parte das mecânicas dos seus Toyota Starlet.

Nacional 2 RM
Santinho Mendes, em Opel Astra, não deu grandes hipóteses à concorrência, neste seu regresso a uma categoria em que já foi campeão (2018). O segundo lugar foi entregue a Andreia Sousa em Peugeot 306, que nunca teve a vida muito facilitada pelo Peugeot 206 de Luís Carvalho, terceiro classificado, no dia de hoje. Fernando Silva no Seat Ibiza TDI foi quarto.

Nacional A 1.6
Os três melhores lugares do pódio foram, durante toda a qualificação, discutidos entre Leonel Sampaio, Rafael Rocha e Américo Sousa, todos em Citroën Saxo e que por esta ordem fecharam este primeiro dia de corridas. Jorge Costela, também em Citroën Saxo e Tiago Ferreira (Peugeot 106) completaram o top five.

Super 1600
João Ribeiro ao volante de um Skoda Fabia superou a concorrência na mais “animada” categoria do Ralicross. À medida que as corridas foram avançando, o ritmo também, sobretudo pela conquista do segundo lugar do pódio, que nas contas finais acabou por ficar entregue a Jorge Machado, em Citroën C2 S1600. António Sousa (Peugeot 208) foi o terceiro melhor do dia.

Kartcross
Jorge Gonzaga aos comandos de um LBS RX01 e Pedro Rosário em Semog Bravo dividiram entre si as duas primeiras corridas desta jornada. Porém, na contabilidade final, a vantagem ficou para Gonzaga, deixando Rosário no segundo posto. Luís Almeida (LBS RX01) nunca perdeu o contacto com o homens da frente e conseguiu o terceiro melhor registo de sábado. Ainda dentro do top ten e primeiro entre os Iniciados ficou João Pinheiro (LBS RX01), com um incentivo extra por estar a “correr em casa”. Daniela Godinho em Semog Bravo foi a melhor entre as senhoras.

Super Buggy
Nuno Godinho em Semog Buggy conseguiu ter sempre argumentos para o Super Buggy do primo Paulo Godinho, que por esta ordem preencheram os dois primeiros lugares. António Estêvão em CAN AM X3, não alinhou na última corrida do dia mas assegurou a terceira posição.

Supercars
As vitórias na divisão mais “vitaminada” desta caravana do Ralicross, foi alternada entre o Citroën DS3 de João Novo e o Skoda Fabia de José Lameiro. Mas as contas de sábado acabaram por ser mais favoráveis ao piloto da Motofil.

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
últimas MAIS MOTORES
últimas Autosport