Testes F1 Bahrein: Gary Paffett muito contente com o regresso

Por a 20 Abril 2017 14:28

Gary Paffett mostrou-se “muito contente” por ter voltado a guiar um Fórmula 1 pela primeira vez desde 2013, ao participar nos testes de dois dias que a Williams realizou no Bahrein. O britânico esteve no simulador da equipa de Grove antes de participar nestes ensaios e realizar 126 voltas aos comandos do FW40.

Paffett, que durante uma década foi piloto de testes da McLaren, conseguiu completar 126 voltas ao traçado de Sakhir sem grandes problemas, obtendo o oitavo melhor tempo. Mas para o britânico, que continua a competir pela Mercedes no DTM, o melhor foi a experiência, dado que já não guiava um F1 desde o ensaio que fez com a McLaren em Silverstone a meio de 2013. “Passou um bom bocado desde que participei num teste completo com o carro de F1. Os carros deste ano têm um enorme aumento de carga aerodinâmica e pneus com mais aderência. São empolgantes de guiar”, comentou Paffett.

“Tive um dia mesmo bom. Fiz muitas voltas e conseguimos completar todo o programa que tínhamos planeado. Agora tenho de voltar ao simulador e validar os dados no simulador. No geral foi agradável guiar o carro e estou mesmo contente pela forma como tudo correu”, rematou Gary Paffett. A Williams também se mostrou agradada com os ensaios realizados, que visaram sobretudo o chassis e os pneus.

Deixe um comentário

1 Comentário em "Testes F1 Bahrein: Gary Paffett muito contente com o regresso"

iceman7
Membro

Bem, estou muito contente com isto. Mas o que me deixa mais contente é meter um português para fora de pista sempre que o vejo, pena que ele saiu do DTM senão eu e o meu amigo Mortara fazíamos-lhe a folha.

últimas FÓRMULA 1
últimas Autosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/motosport.png