Honda F1: Segunda troca de ‘chefia’ em dois anos…

Por a 7 Dezembro 2017 11:04

Yusuke Hasegawa vai deixar o seu papel de responsável máximo da Honda na Fórmula 1, em nova grande mudança a este nível na marca japonesa. Hasegawa, que substituiu Yasuhisa Arai no início de 2016, deixa de estar envolvido no projeto de Fórmula 1, mas mantém-se como Engenheiro Chefe da marca. As coisas não correram bem com o seu antecessor, mas não foram muito melhores no seu reinado, que como se sabe, culminou com o ‘divórcio’ com a McLaren e na ‘falha’ do negócio com a Sauber. Com a nova parceria com a Toro Rosso, o fabricante japonês quis fazer mudanças, que passam basicamente pela divisão de tarefas, pois enquanto Hasegawa era responsável pelo desenvolvimento dos motores e pela operação no terreno, nas corridas, a partir daqui a Honda divide esse trabalho entre Toyoharu Tanabe (que fica com as operações de circuito) e Yasuaki Asaki (que trabalhará o motor em Sakura, no Japão).

Traçando um pouco o que foi o seu percurso no último ano, Yusuke Hasegawa, revelou no início de 2017 que estava convicto que a seria possível chegar ao nível da Mercedes de 2016: “Acho que ainda não atingimos o nível da Mercedes, mas a verdade é que eu também não sei o quanto a Mercedes evoluiu. Mas temos como meta alcançar os melhores e isso significa chegar à Mercedes e nesse aspeto sinto que não estamos longe de onde eles estavam no fim de 2016 e penso que vamos alcançar isso já em Melbourne”, disse Hasegawa. Nada disso aconteceu, como se sabe agora…

Mas para que se perceba o caminho que a McLaren-Honda já fez desde o início de 2015, convém recordar o que se passou no início da parceria. Na altura, nem nos seus piores pesadelos, Ron Dennis terá sonhado que teria de caminhar até à ultima linha da grelha de partida em Melbourne para encontrar os seus dois carros. O regresso da parceria McLaren-Honda aos Grande Prémios deixou logo bem à vista até que ponto a unidade motriz japonesa estava longe do desempenho da competição com Button e Magnussen a rodarem regularmente quatro segundos por volta mais lentos que os homens da frente e a mais de um segundo do competidor mais próximo, Force India e Sauber, na altura. Isto foi há três anos, as coisas mudaram, mas não muito…

Quando se ouviu o responsável máximo da Honda na F1, Yusuke Hasegawa, dizer, ao fim de três anos que “este é o ano 1” (ndr, “Introduzimos um novo conceito de unidade de potência este ano, por isso quase podemos chamar novamente a este o ano um, isto diz tudo.

O ano passado Yasuhisa Arai foi substituído por Yusuke Hasegawa, que já tinha experiência com a Honda na F1 através do projeto BAR, a comunicação entre os japoneses e os homens da McLaren melhorou bastante mas nada disso chegou. Algum tempo depois, a Honda garantiu que não há erro algum no conceito dos seus motores, apesar dos problemas de fiabilidade: “Em algumas áreas conseguimos ser bem sucedidos, reduzindo o peso e baixando o centro de gravidade, mas, em definitivo, não conseguimos retirar potência suficiente da combustão. Por isso, sim, é apenas uma desculpa, mas ainda precisamos de tempo. Mas não considero que tenhamos cometido um erro”, defendia Yusuke Hasegawa.

Depois, foi o que se sabe, divórcio com a McLaren, a Sauber preferiu outro caminho e sem outro objetivo que não seja formar pilotos, e diminuir os seus gastos, a Toro Rosso deixou de ser só incubadora para pilotos e passa a ser também de motores. Mas não com Yusuke Hasegawa como interlocutor…

Pouco mais de um ano depois Yusuke Hasegawa ter substituído o seu antecessor, também ele agora perde o lugar…

Visualizou de 4 artigos abertos

O AutoSport limitou a 4, o número de artigos
que poderá ler sem fazer login
Para continuar a ler livremente
os artigos AutoSport,
por favor faça login aqui
Caso não esteja ainda registado,
faça agora aqui o seu
registo gratuito
  • Não é possível alterar o nome de utilizador.

    Deixe um comentário

    Please Login to comment
      Subscribe  
    Notify of
    últimas FÓRMULA 1
    últimas Autosport
    AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/motosport.png