LEMBRA-SE DE, Murray Walker: “A não ser que esteja muito enganado…”


Graeme Murray Walker nasceu a 10 de outubro de 1923 em Hall Green, Grã-Bretanha, e apesar de estar afastado da sua vida de comentarista de GPs de F1 há uma década, continua bem presente na memória dos adeptos, não só pelo seu estilo emotivo e espampanante, mas essencialmente pelas valentes ‘bacoradas’ que, amiúde, verbalizava em direto para milhões de telespectadores.

Entre 1949 e 2001, comentou F1 ao melhor estilo dos radialistas brasileiros a narrar golos do Pelé, mas sempre com uma pitada especial de humor. Melhor mesmo que falar do homem, é recordar as suas frases, algumas de levar às lágrimas de tanto rir:
“Ele não se decide se há de manter a viseira meio aberta ou meio fechada”
“Eu não cometo erros. São profecias que imediatamente se revelam erradas”
“Tudo pode acontecer nas corridas… e geralmente acontece”
“Desculpem enquanto me interrompo a mim próprio”
“O carro ou está parado ou está a andar”
“Imagino que as condições no cockpit são totalmente inimagináveis”
“O carro da frente é único, exceto para o que vai atrás que é exatamente igual”
“Há sete vencedores do GP do Mónaco na grelha, e quatro deles são o Michael Schumacher”
“Não imagino as ordens que tem o Eddie Irvine, mas está a segui-las muito bem”
“Não há nada de errado com o carro, simplesmente está a arder”
“Ou os meus olhos me enganam ou pelo barulho o motor do Lotus do Senna está a dar as últimas”
“Está a chover e a pista está molhada”
“A não ser que esteja muito errado… e estou mesmo!”
“Este circuito tem muita inclinação, e não são só subidas, tem também descidas”
“O apelo do Schumacher por ter ignorado a bandeira de xadrez é terça-feira”
“A Stewart tem dois carros no top 5, Magnussen em 5º e Barichello em 6º”
“As esperanças do Tambay eram nulas e agora são absolutamente zero”
“Tivemos cinco corridas até aqui: Brasil, Argentina, Imola, Schumacher e Mónaco”
“Jean Alesi é 4º e 5º”
“Schumacher fez a sua última paragem três vezes”
“Eddie Irvine foi penalizado em 10 segundos por ter bloqueado o GP de Espanha”

“Por vezes ainda é visto nos paddocks da F1, e invariavelmente a conversa começa com: “Corrige-me se estiver enganado…”