GP Sakhir F1: Max Verstappen mais rápido no TL3, Valtteri Bottas responde às críticas

Por a 5 Dezembro 2020 15:13

Max Verstappen foi o mais rápido no TL3, numa sessão em que Valtteri Bottas mostrou um nível muito superior ao de ontem e George Russell esteve mais apagado.

Os primeiros minutos do último treino do fim de semana foram mornos, com apenas Pietro Fittipaldi (Haas) a ir para a pista, pouco depois da luz verde ter aparecido na saída das boxes do Circuito Internacional do Bahrein.

O piloto da Haas aproveitou para se ambientar um pouco mais à sua nova máquina e às exigências do traçado. Seguiram-se Lando Norris, Kevin Magnussen e Sebastian Vettel que foram para a pista já com 15 minutos decorridos do TL3, com Lando Norris a ter dúvidas no comportamento do seu motor.

Os tempos começaram a cair e Norris, Daniel Ricciardo e Charles Leclerc passaram pelo topo da tabela de tempo, até que Valtteri Bottas saiu para a pista e colocou o melhor tempo, cinco minutos antes do meio da sessão, pouco antes de Max Verstappen ter feito um pião na secção mais sinuosa deste traçado.

A exigência da pista mostrava que os pneus mais macios poderiam apenas aguentar uma volta lançada na qualificação com performance ótima, o que aumenta a pressão nos pilotos. As equipas da frente irão tentar passar a Q2 com pneus médios, mas com diferenças tão pequenas, será complicado avaliar quem está a salvo ou não. Outro dos problemas será o trânsito neste pequeno traçado, que irá certamente apimentar a qualificação.

Valtteri Bottas parecia estar determinado mostrar-se, depois de uma sexta feira para esquecer. O finlandês estava com um ritmo muito forte e na sua terceira volta com os pneus macios deixou Russell a 0.477 seg.

Os limites de pista também continuavam a fazer vítimas, com alguns tempos por volta a serem apagados, um fator que pode também influenciar a qualificação.

Sérgio Pérez esteve parado para que a equipa fizesse uma troca de asa traseira (uma com menos apoio aerodinâmico e por consequência menos arrasto) ao mesmo tempo que Sebastian Vettel fazia o segundo melhor tempo, quando faltavam 20 minutos para o fim da sessão.

Nas últimas tentativas, Bottas esteve impressionante e baixou o seu registo em 0.2, mesmo com um erro na última curva, enquanto Russell ficava a 0.4 seg. e pouco depois Lando Norris destronava Russell, ficando com o segundo lugar, quando faltavam 10 minutos para o fim.

Max Verstappen calçou os pneus maios pela primeira vez nesta sessão e colocou o seu carro em primeiro lugar, ao mesmo tempo que Pierre Gasly também fazia o terceiro tempo e Esteban Ocon subia ao quarto lugar, já perto do fim.

Nos últimos segundos do treino, Charles Leclerc fez um pião na última curva e encerrou assim a sua participação desta sessão.

Sebastian Vettel acabou a sessão mais cedo e a Ferrari começou imediatamente uma troca de motor por precaução, uma operação que será complicada de fazer a tempo para a qualificação.

Para a qualificação espera-se uma Mercedes forte, com Bottas a assumir o papel de líder, enquanto Russell irá tentar melhorar e manter o título de “Sr. Sábado”, embora a tarefa pareça algo complicada. Verstappen é também candidato à pole e a luta pelo meio da tabela está ao rubro com McLaren, Renault e Racing Point muito próximas.

A qualificação começa as 17h.

Subscribe
Notify of
3 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
831ABO
831ABO
1 mês atrás

Eu ontem diverti-me imenso com os comentários. O Russell já era muito melhor que o «mediano» Bottas e, provavelmente, melhor que o Hamilton. Lembro-me de ter lido algo sobre um «macaco» que conduzisse um Mercedes, lapso freudiano demonstrativo de que ainda há gente muito primária por aqui. Pelos vistos, foram muito poucos aqueles a quem ocorreu que os treinos de sexta-feira servem para encontrar as melhores afinações para a qualificação, mas também para a corrida, porque é nesta que se ganham os pontos; e que encontrar essas afinações é uma forma de profissionalismo e é aquilo que os pilotos experientes… Ler mais »

necax007
necax007
Reply to  831AB0
1 mês atrás

Eu até diria que mesmo que o Russell corra pela Mercedes no próximo Grande Prémio, 2 corridas não são nem de perto nem de longe suficientes para se tirar conclusões.

can-am
can-am
1 mês atrás

Aquilo que o Russell continua a fazer é admiravel e pode perfeitamente ganhar no domingo. O Lewis já não pode continuar a pedir dinheiro porque está a ficar muito mal na fotografia.
Quanto ao Bottas esse já é uma carta fora do baralho.

últimas Destaque Homepage
últimas Autosport
destaque-homepage
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x