/formula1/f1/gp-hungria-f1-christian-horner-a-consequencia-para-nos-e-brutal/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=gp-hungria-f1-christian-horner-a-consequencia-para-nos-e-brutal&utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=gp-hungria-f1-christian-horner-a-consequencia-para-nos-e-brutal
GP Hungria F1, Christian Horner: “a consequência para nós é brutal” | AutoSport

GP Hungria F1, Christian Horner: “a consequência para nós é brutal”

Por a 1 Agosto 2021 19:57

São dias duros na Red Bull. Passaram de estar na liderança do campeonato, para serem segundos na tabela de construtores e de pilotos. O pior é como aconteceu. Em Silverstone um acidente com Lewis Hamilton atirou para fora de corrida Max Verstappen e hoje na Hungria, Valtteri Bottas tirou de prova vários pilotos, incluindo Sergio Perez e danificou fortemente o carro do neerlandês. Perez deve precisar de um motor, assim como Verstappen ainda por causa de Silverstone e fora os trabalhos nos chassis.

Christian Horner pede que se examinem os custos da Red Bull terá, isto num ano em que se planeia 2022 e se ataca o campeonato de 2021. 

“Parece ser um motor no carro de Sergio, e para Max…os mecânicos fizeram maravilhas para pôr o carro a funcionar. O Max correu com meio carro – faltava todo o lado direito do bargeboard. Isso é brutal para nós, mas penso que a equipa esteve bem em colocar o carro de volta à pista. Max lutou por esse único ponto e isso pode revelar-se vital no final do ano”.

Horner, supostamente, não terá aceitado o pedido de desculpa de Wolff e afirmou que não era o austríaco que pilotava o carro, mas sim Bottas. 

“Vai pagar a conta? Isto são corridas. Toto não estava a conduzir o carro, o seu piloto estava. Tenho a certeza que ele não lhes disse “batam nos Red Bull”. Tenho a certeza de que ele não lamentava muito o resultado, mas acredito de que não disse a Valtteri para fazer isso. Mas a consequência para nós, é brutal e num ambiente de custo-benefício, precisa de ser examinado pela FIA”.

Subscribe
Notify of
7 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
breno_mascarenhas2020_hotmail_com
breno_mascarenhas2020_hotmail_com
1 mês atrás

O causador do acidente deveria indenizar a equipe prejudicada pelos seus prejuízos.

jbosco1958
jbosco1958
Reply to  breno_mascarenhas2020_hotmail_com
1 mês atrás

COM CERTEZA

breno_mascarenhas2020_hotmail_com
breno_mascarenhas2020_hotmail_com
1 mês atrás

A equipe do pilotop causador do acidente deveria indenizar a equipe prejudicada pelos seus prejuízos.

hellrun
hellrun
Reply to  breno_mascarenhas2020_hotmail_com
1 mês atrás

Extraordinario, ha F1 ha dezenas de anos, e não foram capzes de pensar nesta medida. Porque terá sido ? Devem ser limitados, coitados… aparece aqui cada iluminado.

ptlyoness2021_gmail_com
ptlyoness2021_gmail_com
1 mês atrás

Vai pedir a revisão da penalidade imposta ao VT77? Ou está a chorar para lhe darem mais uns pozinhos? Os custos são aqueles inerentes a competição onde nem sempre as coisas correm pelo melhor, esta avalanche suplementar deveria ter sido acautelada antes agora já é tarde para os reduzir.

can-am
can-am
1 mês atrás

Se o Bottas levava instruções para fazer o que fez e levar tudo à sua frente, seria o fim da F1, o descredito total da disciplina, de tudo. Não acredito no de ontem.
Mas que a Red Bull anda com uma dose de azar em cima incrivel, e faz o papel de vitima , é verdade. Há muito campeonato, e o azar não pode estar sempre do mesmo lado.O último a rir é sempre o que ri melhor.

piquet
piquet
1 mês atrás

Isto começa a ser ridículo. Horner, a F1 são corridas. Corridas implica custos e toda as equipas sabem que custos podem ter com acidentes e problemas técnicos. Se a RB chora como chora, com a parceria técnica da Honda, imagino uma Hass ou uma Williams. Por amor da santa, para de chorar porque só falta dizer que são pobres.

últimas FÓRMULA 1
últimas Autosport
formula1