/formula1/f1/formula-1-pierre-gasly-teve-de-ir-ao-hospital-em-baku-devido-as-oscilacoes/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=formula-1-pierre-gasly-teve-de-ir-ao-hospital-em-baku-devido-as-oscilacoes&utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=formula-1-pierre-gasly-teve-de-ir-ao-hospital-em-baku-devido-as-oscilacoes
Fórmula 1: Pierre Gasly teve de ir ao hospital em Baku devido às oscilações | AutoSport

Fórmula 1: Pierre Gasly teve de ir ao hospital em Baku devido às oscilações

Por a 12 Agosto 2022 18:30

Pierre Gasly revelou que foi forçado a ir ao hospital após o Grande Prémio do Azerbaijão, nesse que foi o fim-de-semana onde se sentiu mais os efeitos das oscilações (porpoising) nos monolugares em toda a época de 2022.

O piloto da AlphaTauri diz ter feito uma ressonância magnética devido aos graves efeitos que as oscilações tiveram nas suas costas, durante o fim-de-semana do Grande Prémio do Azerbaijão.

O fenómeno tem sido um grave problema um pouco por todas as equipas este ano, devido aos novos regulamentos técnicos do efeito solo.

Foi mais notório no início da época, em pistas de alta velocidade como Jidá (Arábia Saudita) ou Baku (Azerbaijão). A natureza acidentada e de alta velocidade do circuito de rua de Baku teve efeitos adversos na saúde dos pilotos. As costas de Lewis Hamilton entraram “em dormência” devido à tensão repetida sob o seu corpo, o que levou a apelos para que a FIA interviesse para tentar evitar o efeito.
Em declarações ao Motorsport.com de Itália, Gasly explicou que, após o seu quinto lugar em Baku, foi para o hospital.
“Baku foi o pior circuito de todos em que corremos, mesmo que para mim não tenha sido apenas uma questão de oscilações puras”, explicou. “O nosso carro tinha de estar extremamente baixo para ser competitivo e há muitos, muitos ‘solavancos’ naquela pista. Foi muito difícil para as minhas costas, ao ponto de, depois do fim-de-semana, ter de fazer uma ressonância magnética para verificar se estava tudo bem com as vértebras”.

Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Infelizmente o Autosport não pode continuar a disponibilizar os seus artigos gratuitamente.
Já não é viável ter uma equipa de jornalistas profissionais sem que possamos vender o produto do nosso trabalho.
Tal como os jornais e revistas são pagos, também os conteúdos editoriais digitais terão que ser pagos.
Por favor subscreva o Autosport Exclusivo e ajude-nos a manter esta máquina em andamento!
São apenas 2€ por mês, subscreva agora AQUI
Subscribe
Notify of
2 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pity
Pity
1 mês atrás

Mas….mas… então não foi só o Hamilton a queixar-se?

gtman
gtman
Reply to  Pity
1 mês atrás

Era…não se queixavam mais devido à lei da rolha de certas equipas às quais era conveniente a manutenção do status quo. Eu, como já fui operado á coluna por ter os discos L esmagados devido a excessos com veículos “saltitantes”, sei de antemão que em 3 ou 4 anos ficariam (ou ficarão) com graves problemas e pasmei por não se tomarem medidas imediatamente. Achei duma enorme falta de profissionalismo não se precaver a integridade física dos pilotos. Claro que um puto que ainda está naquela fase de se julgar eterno e indestrutível não interioriza o problema.

Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Infelizmente o Autosport não pode continuar a disponibilizar os seus artigos gratuitamente.
Já não é viável ter uma equipa de jornalistas profissionais sem que possamos vender o produto do nosso trabalho.
Tal como os jornais e revistas são pagos, também os conteúdos editoriais digitais terão que ser pagos.
Por favor subscreva o Autosport Exclusivo e ajude-nos a manter esta máquina em andamento!
São apenas 2€ por mês, subscreva agora AQUI
últimas F1
últimas Autosport
f1