F1: Verstappen deveria ter sido penalizado em Singapura, admite um dos comissários da FIA

Por a 22 Setembro 2023 11:12

Está lançada mais uma controvérsia na Fórmula 1 e que nada ajudará a disciplina: Matteo Perini, Comissário da FIA no Grande Prémio de Singapura e no Japão, admitiu que a decisão do Colégio de Comissários Desportivos em relação a um dos três incidentes de Max Verstappen, analisados a seguir à sessão de qualificação, foi um erro e que o piloto da Red Bull deveria ter sido penalizado com a perda de lugares na grelha de partida. 

Max Verstappen foi investigado após a qualificação por ter ficado parado na saída da via das boxes no início da sessão, impedindo a saída de outros carros, e por alegadamente “impedir desnecessariamente” Logan Sargeant entre as curvas 17 e 18, assim como a Yuki Tsunoda entre as curvas 3 e 4, já no segundo segmento da sessão. Recebeu uma advertência pelo episódio no pitlane e outra pelo incidente com Tsunoda. No caso do impedimento a Sargeant não recebeu qualquer sanção da FIA. 

O problema agora, e depois das decisões terem sido recebidas com alguma surpresa pelas equipas adversárias da Red Bull, é que um dos Comissários que esteve envolvido na tomada de decisão, admitiu, em reunião com os chefes de equipa em Suzuka, que Verstappen deveria ter sido penalizado por ter impedido Tsunoda, pelo que avançam várias publicações presentes no Japão. Também confessou que um outro incidente entre Sargeant e Lance Stroll deveria ter levado à penalização do piloto da Williams, o que não aconteceu. 

Na questão do pitlane terá sido dito aos responsáveis das equipas que não é proibido pelo regulamento, mas terão os Comissários pedido à FIA para rever esta situação para o futuro. 

Isto quer dizer que Max Verstappen escapou à perda de três lugares na grelha de partida de domingo passado, reforçando o mesmo Matteo Perini, que esta situação não deve levar o CCD a permitir que outros pilotos não sejam penalizados em incidentes semelhantes que ocorram no futuro, ou seja, não devendo servir para abrir um precedente na Fórmula 1.

Foto: Rudy Carezzevoli/Getty Images/Red Bull Content Pool

Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Já não é mais possível o Autosport continuar a disponibilizar todos os seus artigos gratuitamente.
Para que os leitores possam contribuir para a existência e evolução da qualidade do seu site preferido, criámos o Clube Autosport com inúmeras vantagens e descontos que permitirá a cada membro aceder a todos os artigos do site Autosport e ainda recuperar (varias vezes) o custo de ser membro.
Os membros do Clube Autosport receberão um cartão de membro com validade de 1 ano, que apresentarão junto das empresas parceiras como identificação.
Lista de Vantagens:
-Acesso a todos os conteúdos no site Autosport sem ter que ver a publicidade
-Oferta de um carro telecomandado da Shell Motorsport Collection (promoção de lançamento)
-Desconto nos combustíveis Shell
-Acesso a seguros especialmente desenvolvidos pela Vitorinos seguros a preços imbatíveis
-Descontos em oficinas, lojas e serviços auto
-Acesso exclusivo a eventos especialmente organizados para membros
Saiba mais AQUI
Subscribe
Notify of
19 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pity
Pity
9 meses atrás

Como diria o outro: “pior a ementa que o cimento” 🙂 Eu sei que é “emenda” e “soneto”, não se assustem…
Estas declarações ainda enterram mais a FIA e seus comissários.

leandro.marques
Reply to  Pity
9 meses atrás

Completamente de acordo. Se tomaram uma decisão (seja mais ou menos correta) devem assumi-la, não vir com “arrependimentos”.
Aliás, se tivessem feito a convocatória formal Tsunoda teria comparecido na reunião e se calhar teria havido penalizacao. Como viram que erraram na convocação do piloto japonês não tiveram o que é necessário para, mesmo assim, assumirem a decisão certa e penalizar Max. Mais errado ainda do que terem errado na convocatória de Tsunoda e na não penalizacao é ainda virem agora dizer que a decisão foi errada. Que falta de elevação e coragem que demonstraram e que demonstram.

Jose Marques
Jose Marques
Reply to  leandro.marques
9 meses atrás

Vocês acham que o Tsunoda, na posição em que está teria coragem de comprometer o Max?
O triste disto tudo é que a FIA cria as regras e não as cumpre de forma igual para com os competidores.
Ultimamente andam mais preocupados com os limites de pista do que com o que realmente causa mais impacto na verdade desportiva na disciplina, como o tal acordo secreto feito com a Ferrari…

leandro.marques
Reply to  Jose Marques
9 meses atrás

Nada a ver com isso.
Como ele não foi convocado devidamente penso que os comissários ao ver a borrada que tinham feito nesta questão optaram por não fazer o devido.
O meu comentário sobre a não presença de Tsunoda nada teve que ver com ele prestar declarações que pudessem ou não prejudicar.

leandro.marques
Reply to  Jose Marques
9 meses atrás

Ou permitirem que um carro ilegal em 2008 pudesse ter participado. Curiosamente até ganhou títulos.

nunofernandesp12023_gmail_com
nunofernandesp12023_gmail_com
Reply to  leandro.marques
9 meses atrás

Até parece que a McLaren – Mercedes fez espionagem roubou os planos de um carro vencedor da Ferrari, construiu em cima disso e o entregou ao Hamilton numa bandeja e mesmo assim quase perdeu para o Massa! Espera… 🤔

2020
2020
Reply to  Jose Marques
9 meses atrás

Sim a Ferrari tem tirado ” Imensos dividendos” com a FIA… acordo secreto só se eles já sabem que nos proximos 2 anos continuamos sem vencer porque as regras podem mudar a “seus belos prazeres”
Portanto está tudo planeado, é isso?
… Não brinquem! …

Last edited 9 meses atrás by simiao jms
Phil1971
Phil1971
Reply to  Pity
9 meses atrás

Exatamente a incompetência no seu pior. A única questão que fica é será que é propositado para criar confusão?

Pity
Pity
Reply to  Phil1971
9 meses atrás

Não acho que seja para criar confusão. Com que fim?. Penso que este comissário discordou da decisão, mas foi vencido pelos outros dois e decidiu falar agora. Devia tê-lo feito em Singapura.

leandro.marques
Reply to  Pity
9 meses atrás

Nao deveria ter falado de todo. Nem em Suzuka nem em Singapura. Chama-se ética e respeito pelos seus pares.
Não há a figura jurídica de declaração de voto vencido nas decisões colegiais do painel de comissarios. E como são colegiais devem ser assumidas por todos os decisores (concordando ou não).
Por falta de ética deveria a FIA atuar relativamente a ele.

silver
silver
9 meses atrás

Além desta ficaram outras infrações por cumprir noutros GPs…qual é a novidade desta notícia????

Pity
Pity
Reply to  silver
9 meses atrás

A novidade está na “confissão” do comissário.

mullerwj
mullerwj
9 meses atrás

Isto é facto. Qualquer outro piloto que tenha feito um dos 3 problemas em que Max foi investigado, teria sido punido.
Mas como era o Max e Red Bul…. fecharam-se os olhos.

leandro.marques
Reply to  mullerwj
9 meses atrás

O que é um facto? A sua opinião sustentada em nada?

canam
canam
9 meses atrás

As penalizações são o maior cancro da F1. Esquecem-se que, durante mais de 100 anos, as corridas não tinham isto, ou era extremamente raro, e o desporto automóvel era bem mais saudável e límpido que hoje. Mas, infelizmente, corresponde á sociedade cada vez mais controlada e vigiada que vivemos hoje, também no desporto.

leandro.marques
Reply to  canam
9 meses atrás

Concordo.

Scirocco
Scirocco
9 meses atrás

Esta é a opinião de um dos comissários. Penso que a decisão será eventualmente por maioria. Se assim fôr, o que este comissário está a fazer é altamente irregular e muito pouco profissional. Se foi a decisão do colégio de comissários há que respeitar goste-se ou não. Agora abre-se a porta para qualquer comissário que vote contráriamente á maioria faça parangonas para a imprensa. Enfim percebe-se talvez porquê. Falar mal da RB e do Max vende jornais e alimenta-se toda uma cadeia alimentar (inclusive dos haters) Não faço ideia se o Max deveria ou não ter sido penalizado. Mas existem… Ler mais »

leandro.marques
Reply to  Scirocco
9 meses atrás

Precisamente isto. Daí eu defender que a FIA deveria atuar sobre ele, doutra forma corre o risco de isto virar moda contribuindo ainda mais para um ambiente nefasto ao “desporto”.

2020
2020
9 meses atrás

É isto o desporto maximo motorizado… E tudo vai continuar,

últimas FÓRMULA 1
últimas Autosport
formula1
últimas Automais
formula1
Ativar notificações? Sim Não, obrigado