F1: Inovação vs Custo

Por a 26 Fevereiro 2020 16:36

A chegada do DAS (Dual Axis Steering) da Mercedes tem dado que falar e alguns dos temas são pertinentes.

O DAS é uma das inovações mais interessantes vistas na F1 nos últimos anos, o que mostra uma faceta da competição que tendencialmente tem sido esquecida… a inovação. A F1 ficou conhecida pela velocidade, pela coragem e talento dos pilotos, mas também pela inovação.

Nos últimos anos, a inovação tem sido castrada, em prol do controlo de custos, retirando uma das características que diferenciava a F1 das outras competições. O DAS é um bom exemplo disso, pois trata-se de um sistema inteligente, que apanhou todos de surpresa e que será banido no próximo ano.

O diretor desportivo da Renault, Alan Permane, alertou a Fórmula 1 para não “reprimir” essas inovações:

“Acho que a F1 é inovação, diferenciação de pessoas, é encontrar essa vantagem sobre os concorrentes. Embora possamos ter inveja ou estar frustrados, a Mercedes encontrou claramente algo que eles acham que é um benefício, e acho que essa é uma das coisas maravilhosas da Fórmula 1. Não sei como isso funcionará em 2021, se projetos como este poderão sair do papel sem que a F1 os torne ilegal. Poderemos nunca ver esse tipo de coisas. Acho que precisamos ter cuidado para não reprimir esse tipo de pensamento livre e inovador, porque isso faz parte do DNA da Fórmula 1”.

Também Adrian Newey se queixou da falta de liberdade para tentar novas soluções com os regulamentos de 2021. Já o diretor de corridas da FIA, Michael Masi, entende a necessidade das equipas inovarem, mas também lembrou a necessidade de um equilíbrio numa F1 mais económica – um objetivo importante dos novos regulamentos:

“Estamos a falar sobre isso e inovação, porque provavelmente é a primeira vez há muito tempo que algo é realmente visível”, disse ele. “Do lado da inovação, acho que vimos isso em várias áreas, como fizemos com os motores híbridos, provavelmente os mais eficientes de todos.

“As equipas terão um limite financeiro no próximo ano, então eles precisam encontrar o equilíbrio entre o retorno da inovação versus quanto vão gastar .”

A verdade que é os próximos regulamentos vão castrar muita da evolução em prol da economia. Será esta a via pela qual a F1 deve ir? Pessoalmente creio que não e a inovação terá de fazer sempre parte da F1. Não podemos voltar a ter uma F1 apenas virada para a parte técnica como já tivemos mas também não podemos retirar a inovação da F1. É preciso encontrar um meio termo e tal não parece que irá acontecer a partir de 2021.

3
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas F1
últimas Autosport
Lost your password? Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.
Nós não partilhamos os seus dados pessoais com ninguém.