/formula1/f1/f1-fia-ignorou-os-avisos-da-gpda-sobre-a-falta-de-protecao-em-miami/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=f1-fia-ignorou-os-avisos-da-gpda-sobre-a-falta-de-protecao-em-miami&utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=f1-fia-ignorou-os-avisos-da-gpda-sobre-a-falta-de-protecao-em-miami
F1: FIA ignorou os avisos da GPDA sobre a falta de proteção em Miami | AutoSport

F1: FIA ignorou os avisos da GPDA sobre a falta de proteção em Miami

Por a 17 Maio 2022 10:00

O GP de Miami foi um grande evento mas não escapou a erros e polémica. Um dos mais falados foi a falta de proteção numa zona da pista onde Carlos Sainz e Esteban Ocon bateram contra as proteções da pista. Os pilotos queixaram-se de dores depois embaterem nas proteções de cimento, sem que houvesse uma barreira TecPro que amortece muito mais o embate. Depois do acidente de Sainz, o piloto espanhol levantou esse problema mas os responsáveis mantiveram tudo como estava. Esteban Ocon também se queixou publicamente da falta de proteções e agora é Alex Wurz, presidente da GPDA (associação de pilotos) a criticar publicamente a decisão.

Segundo Wurz, havia proteções para colocar na zona em questão e que os avisos da GPDA foram ignorados pela FIA:

“Em rigor, não tivemos um ferimento, por isso talvez se possa dizer que a proteção não era necessária”, disse Wurz, falando à Reuters. “Queremos dizer que se a tivéssemos (a barreira Tecpro), ela melhoraria a situação. Nenhuma pesquisa no mundo me pode dizer que teria sido uma desvantagem colocá-la [lá]”, acrescentou.

Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Infelizmente o Autosport não pode continuar a disponibilizar os seus artigos gratuitamente.
Já não é viável ter uma equipa de jornalistas profissionais sem que possamos vender o produto do nosso trabalho.
Tal como os jornais e revistas são pagos, também os conteúdos editoriais digitais terão que ser pagos.
Por favor subscreva o Autosport Exclusivo e ajude-nos a manter esta máquina em andamento!
São apenas 2€ por mês, subscreva agora AQUI
Subscribe
Notify of
6 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Génesis
Génesis
1 mês atrás

Não percebo como a Fia deu luz verde a este gp.
Ainda bem que ninguém se magoou mas foi por pouco e aquela chicane mickey mouse é má demais para ser verdade.

bemvindo
bemvindo
1 mês atrás

A “F.I.A”tem mais o que fazer.!.eles estao mais preucupados com os brincos do Lewis,e as cuecas do Vettel.!.isso sim é estar preucupado com a segurança.kkkk

Frenando_Afondo™
Frenando_Afondo™
Reply to  bemvindo
1 mês atrás

Muitíssímíssimo bem escrito!

jcf
jcf
1 mês atrás

Os rails, como se sabe, não magoam orelhas nem genitália. Chocar contra uns brincos ou levar uma cacetada dumas cuecas, ui ui… é morte quase certa…

Frenando_Afondo™
Frenando_Afondo™
1 mês atrás

Pois… Estiveram mais preocupados em abafar assuntos que não queriam que fossem falados (direito ao aborto) com outros não-assuntos (brincos, piercings e cuecas). Em vez de verificarem se o circuito tinha condições para correr. O dinheiro fala e eles obedecem.

Isso e a história da volta do Masi, a FIA cada vez mais dá tiros nos pés.

anotheruser
anotheruser
1 mês atrás

Acho que os pilotos não deviam ter encolhido os ombros perante esta situação: reunião e para tudo até estar lá a protecção colocada.

Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Infelizmente o Autosport não pode continuar a disponibilizar os seus artigos gratuitamente.
Já não é viável ter uma equipa de jornalistas profissionais sem que possamos vender o produto do nosso trabalho.
Tal como os jornais e revistas são pagos, também os conteúdos editoriais digitais terão que ser pagos.
Por favor subscreva o Autosport Exclusivo e ajude-nos a manter esta máquina em andamento!
São apenas 2€ por mês, subscreva agora AQUI
últimas F1
últimas Autosport
f1