F1: Vandoorne pode ‘relaxar’ no meio da crise

Por a 21 Abril 2017 11:25

Há um piloto a quem foi dada a oportunidade de realizar a sua primeira época a tempo inteiro na F1 que se arrisca a marcar passo, fruto de tudo o que se está a passar com a McLaren-Honda, Stoffel Vandoorne. Contudo, Eric Boullier voltou a referir que o belga não tem que sofrer de “qualquer tipo de pressão” devido à crise que a equipa vive, ou seja, embora fique a marcar passo, a sua reputação fica incólume…

Esta situação pode ser prejudicial para o jovem piloto de 24 anos, uma vez que não consegue – não tem condições para – mostrar as suas qualidades, fruto de tudo o que se está a passar com o monolugar da equipa. De recordar que no último Grande Prémio, no Bahrein, Vandoorne nem sequer conseguiu arrancar para a corrida, isto depois de também ter desistido na China. No entanto foi o único McLaren-Honda a conseguir terminar uma corrida esta temporada, ao ficar em último na Austrália: “Ele não tem qualquer tipo de pressão. O Stoffel sabe que acreditamos nele e que temos contrato com ele por muito tempo”, disse Boullier ao Auto Motor und Sport. “Ele não nos tem que provar nada neste momento, sabemos que não é possível”, acrescentou.

Boullier falou também da ida de Alonso à Indy 500. Inicialmente o diretor de corridas da McLaren-Honda não se mostrou favorável no início com a ideia, mas depois percebeu que tinha de ‘cuidar’ dos seus pilotos. “O Fernando quer ganhar e de momento ele não o consegue na Fórmula 1”.

Ontem nos testes o McLaren teve um bom ritmo e foi fiável, mas Boullier não vê motivos para celebrar porque “não sabemos o porquê”. Um verdadeiro problema para a equipa de Woking.

Deixe um comentário

6 Comentários em "F1: Vandoorne pode ‘relaxar’ no meio da crise"

MiguelCosta
Membro
Não é fácil para quem esteve tanto tempo a pastar ou a fazer tempo para entrar na F1, não conseguir entrar na curva de aprendizagem que ele precisa, porque a equipa parece um barco numa tempestade, “sem motor”, à deriva. Na minha opinião é um piloto cheio de potencial, mas certo é que as qualidades do Alonso, porque será sempre com ele que o vão comparar, torna ainda mais difícil dizer o que vale o belga, ainda para mais se o carro nem arranca para as corridas. Acredito que estará presente na equipa quando ela ligar o motor, e aí… Ler mais »
can-am
Membro
Este tipo não passa dum piloto vulgarissimo.Já há uns anos fez meia época e nunca provou nada. Nunca será com pilotos medianos que a Mclaren regressará ao topo.Mas o problema é muito mais grave como se sabe. A Mclaren não é uma Ferrari,que manipula e domina directa ou indirectamente muitos dos principais centros de decisão do automobilismo mundial, principalmente no que diz respeito à F1, e que por isso nunca vem abaixo, e se começa a vir aparam-na e puxam-na para cima. A Mclaren não tem peso decisório. Está por ela própria. Por isso é um crepúsculo dos deuses a… Ler mais »
Pity
Membro

QUANDO É QUE ELE FEZ MEIA ÉPOCA???????? Fez UMA corrida, em substituição do Alonso, se isso é meia época…. E por acaso até pontuou nessa corrida.
E em que é que a Ferrari é para aqui chamada?

genesis
Membro

Dê-me os números do euromilhoes, por fineza

iceman7
Membro

Muda de dealer que essa farinha parece ser de péssima qualidade!

frenando_afondo
Membro

Não não, ele já fez 2 épocas inteiras na Mclaren, num universo paralelo onde a Mclaren é campeã e o Alonso é 20 vezes campeão mundial e arredores…

últimas FÓRMULA 1
últimas Autosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/motosport.png