F1: Será que algo mudou com Max Verstappen no Canadá? - AutoSport - AutoSport

F1: Será que algo mudou com Max Verstappen no Canadá?

Por a 13 Junho 2018 09:11

Não é novidade para ninguém que a ‘agressividade’ de Max Verstappen em pista lhe foi incutida pelo pai, Jos Verstappen, desde os tempos do Karting. Diz quem viu, que o pai de ‘Mad Max’ ‘apertava’ muito com o jovem, e a verdade é que o holandês trouxe esse estilo para a F1. Isso deu-lhe fama, os adeptos adoram esse estilo irreverente de pilotagem, mas, tal como já sabemos, também lhe tem valido muitos dissabores.
O seu acidente no Mónaco, valeu-lhe uma onda de críticas por parte da imprensa, sendo a versão resumida “ele tem que começar a aprender…”

Já no Canadá, na conferência de imprensa, Max Verstappen disse que está farto que lhe digam que deve mudar a sua atitude, chegando mesmo a dizer que qualquer dia ainda dava uma cabeçada em alguém. Foi o sacudir um ‘sentimento’, compreensível, pois qualquer um de nós, mesmo sabendo aceitar críticas, temos um momento que queremos dizer ‘chega’.

A verdade é que no Canadá, algo mudou. Segundo se sabe, ninguém da sua ‘entourage’ o acompanhou a Montreal. Nem o pai, ou o manager, o jovem piloto esteve completamente sozinho, e coincidência ou não, realizou uma corrida calmíssima, e de elevado nível. Para Christian Horner: “É a primeira corrida que ele faz completamente sozinho, foi algo diferente. Se contribuiu para o resultado, é difícil dizer, mas ele continua a evoluir e a ficar mais maduro, pois ganha experiência a cada corrida que passa. A questão foi discutida com ele, acordámos isso, foi algo que quisemos tentar”. Pelos vistos resultou: “Ele esteve imerso no que tinha de fazer e fez um super trabalho”.

Basicamente, o que a equipa sentiu é que há alguém à sua volta que não ajuda muito em mantê-lo calmo e concentrado e será muito curioso tentar perceber melhor essa causa/efeito. Sendo verdade que Jos Verstappen contribuiu muito para quem é hoje Max Verstappen como piloto, se calhar a conclusão que a Red Bull vai acabar por tirar é que hoje em dia o jovem não precisa nada dessa pressão. Ou seja, do pai por perto. Será que é e ‘formula Canadá’ que vai finalmente transformar Max Verstappen no piloto Campeão que todos já perceberam que pode ser?

Visualizou de 4 artigos abertos

O AutoSport limitou a 4, o número de artigos
que poderá ler sem fazer login
Para continuar a ler livremente
os artigos AutoSport,
por favor faça login aqui
Caso não esteja ainda registado,
faça agora aqui o seu
registo gratuito
  • Não é possível alterar o nome de utilizador.

    6
    Deixe um comentário

    Please Login to comment
    6 Comment threads
    0 Thread replies
    6 Followers
     
    Most reacted comment
    Hottest comment thread
    6 Comment authors
    ZeCambotaChic anal ysisgearless02joaopereira1696n26091744 Recent comment authors
      Subscribe  
    Notify of
    calo
    Membro
    calo

    Até pode ser verdade o que o jornalista escreve mas,penso que pela especificidade da pista e da semelhança competitiva dos carros o Max pouco mais podia ter feito.Se repararmos, não houve nenhuma luta directa entre os 6 primeiros,ao fim de 10 voltas comentei com quem estava aver a corrida que as posições finais estavam encontradas,só falhei porque Ricciardo foi buscar 2 lugares na box algo inesperadamente.Todos os 6 primeiros tiveram corridas minimamente sossegadas.Penso que Max noutra pista em que os monolugares não estivessem tão iguais teria mais hipóteses de lutar por outra posição, a única chance que teve foi no… Ler mais »

    no-team
    Membro
    no-team

    Suponho que para um desportista que é submetido a uma pressão mediática constante, seja muito importante estar inserido num ambiente pacífico, e acredito que esse grupo restrito de pessoas que estão próximos dos pilotos possa variar, para uns pode ser a família, para outros pode ser o manager, o personal trainer ou as várias namoradas, o importante é que se sintam confortáveis e relaxados assim que saem do carro. Não sei se o bom resultado no Canadá é ou não resultado desta mudança, mas numa altura altura em que chega aos 20 anos de idade, é natural que este necessite… Ler mais »

    jo22101626
    Membro
    jo22101626

    Não sei se foi impressão minha mas nas entrevistas logo após a qualificação notei uma postura mais madura, estava mais calmo

    gearless02
    Membro
    gearless02

    Muito cedo para dizer alguma coisa… não me parece nada mais maduro, mas tal como os miúdos, quando repreendidos, ficam calmos durante algum tempo, depois… pois, volta tudo ao mesmo.
    Por outro lado, também não teve muito por onde “escorregar”, porque entre os 6 primeiros foi uma procisão…

    chic-anal-ysis
    Membro
    chic-anal-ysis

    Espero é que também não se passe a comportar demasiado bem. Pilotos calculistas podem até ter mais hipóteses de ser campeões mas para quem está do lado de cá (nós) acabam por saber todos ao mesmo.

    ZeCambota
    Membro
    ZeCambota

    “os adeptos adoram esse estilo irreverente de pilotagem”?????? Com que direito se arvora ao falar por todos os adeptos? Nem em karts de aluguer com ferros por todo o lado acho que aquilo seja estilo de condução, é mais próprio de carrinhos de feira.

    últimas FÓRMULA 1
    últimas Autosport
    AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/motosport.png