F1: Ocon acredita na Racing Point

Por a 10 Janeiro 2019 16:03

O piloto francês Esteban Ocon acredita no potencial da sua ex equipa para chegar aos lugares cimeiros. Ocon esteve dois anos na estrutura, que esteve perto de fechar portas a meio do ano passado por falta de fundos, que foi no entanto recuperada por Lawrence Stroll, empresário e pai de Lance Stroll, que tem planos ambiciosos para a equipa.

A Ocon acredita que a principal arma na disposição da Racing Point é sua ética de trabalho.

“Os recursos sempre foram o problema, e essa questão não acontecerá tanto no próximo ano. Eu acredito que eles serão fortes candidatos.”

A Ocon acredita que a principal arma na disposição da Racing Point é a ética de trabalho.

“Fiquei muito impressionado, no ano passado,  pelo profissionalismo da equipa e pela motivação que eles têm ”, afirmou Ocon à autosport.com. “Isso é provavelmente a maior força da equipa. Eles têm muita fome de sucesso. Isso faz a diferença. Eles não contam as horas. Um exemplo, eles voaram de volta do México e chegaram às 2 da manhã ao Reino Unido e na manhã seguinte eu estava lá, às 8 da manhã, com  jet lag, e estávamos a trabalhar no simulador. Todos estavam destruídos, eu também estava, mas já estávamos a trabalhar. É por isso que estamos tão competitivos na pista, mesmo quando não temos os recursos. Provavelmente com os recursos, será muito mais fácil para eles.”

A Force India sempre fez muito com pouco. Será interessante ver a evolução da equipa, agora com um apoio financeiro adequado às suas pretensões. Se a agora Racing Point conseguir crescer e manter a mesma qualidade e eficiência no trabalho, poderá ser um caso sério a curto prazo. Há na equipa muita gente talentosa para que tal aconteça.

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas F1
últimas Autosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/motosport.png