F1: O que falta a Lewis Hamilton para o penta?

Por a 10 Outubro 2018 13:09

Depois de mais um desaire do seu rival, em que Sebastian Vettel nem sequer conseguiu subir ao pódio, Lewis Hamilton tem o seu quinto cetro ao alcance das duas mãos, sendo cada vez mais evidente que a Ferrari continuará a sua travessia no deserto no que diz respeito a títulos.

Numa temporada em que o alemão e a Scuderia pareciam estar em condições de poder garantir os respetivos campeonatos, é o inglês que está na iminência de continuar a senda vitoriosa iniciada em 2014.

Hamilton, que tem 67 pontos de avanço sobre Vettel, poderá sagrar-se pentacampeão já dentro de 15 dias, no Grande Prémio dos Estados Unidos, bastando para isso que vença e que o seu rival não termine melhor que em terceiro, o que não parece uma impossibilidade face aos resultados recentes.

As contas do Campeonato de Construtores são mais difíceis de fazer, tendo a Mercedes uma vantagem de 68 pontos, quando estão ainda 152 em jogo, mas os Flechas de Prata, com duas dobradinhas consecutivas, estão bem lançados para mas um cetro.

7
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
INAU_1961
Membro
INAU_1961

Neste momento acho que a Mercedes devia começar a tentar obter o vice para Bottas e livrá-lo de um Räikkonen sempre muito perigoso e demasiado próximo do terceiro posto do finlandês da Mercedes. No entanto, compreendo que a Mercedes F1 precisa de garantir os dois títulos, principalmente numa altura em que tudo vai mudar na Administração do Grupo. É preciso garantir que a nova Administração não vai cortar o investimento na F1 para reforçar a Fe, e tendo em vista esta situação, eu apoio incondicionalmente o esforço que todos estão a fazer na Mercedes-AMG F1 Team. Pena a foto de… Ler mais »

Pity
Membro
Pity

Não é uma página brasileira. É uma página do Autosport, em que o jornalista quis fazer rima, “senta” com “penta”.

no-team
Membro
no-team

Este já está no papo. Este é também um daqueles títulos que vai prevalecer na memória dos adeptos de F1, um pouco à imagem do campeonato do ano passado, este foi um título em que o Hamilton teve mesmo de deixar tudo em pista para conseguir o que conseguiu, obviamente sempre muito bem acompanhado por uma equipa que parece sobreviver a todos os ataques e encontra solução para tudo. De fora até pode ficar a sensação de que foi “fácil”, se calhar ainda mais agora que a Ferrari parece ter entrado em colapso, mas se este não foi o título… Ler mais »

tnfsfcpgmail-com
Membro
tnfsfcpgmail-com

A Ferrari só perde este campeonato por culpa própria. Ficará na memória de todos como um campeonato servido de bandeja pelo nabo(Vettel) e nabo-mor (Arrivabene).
Acorda Ferrari!

*RPMS*
Membro
*RPMS*

Muitíssimo bem escrito! Cumprimentos

no-team
Membro
no-team

Não digo que não, realmente o Vettel e a sua equipa cometeram muitos erros, só acho que do outro lado tiveram uma concorrência fortíssima que dá um pouco a ideia de ser imbatível, especialmente o Hamilton que liderou durante muito tempo o campeonato sem ter carro para isso colocando o Vettel sob enorme pressão.

Eu_não_sou_o_frenando_afondo
Membro
Eu_não_sou_o_frenando_afondo

Também ficará na história como campeonatos em que Hamilton e Mercedes estiveram impecáveis nas suas performances e como tal mereceram os títulos. A Ferrari não ganha não só por erros próprios mas também porque os adversários são fortes e há que lhes dar mérito por isso.

últimas F1
últimas Autosport