F1: Mercedes e Ferrari ‘pegadas’…

Por a 11 Julho 2018 14:02

A Ferrari e a Mercedes têm gozado de uma boa relação nos últimos anos, mas com a intensificação da luta pelos campeonatos deste ano, cada vez mais tensa, os atritos estavam ao virar da esquina, e em Silverstone os homens dos ‘Flechas de Prata’ explodiram, sugerindo que os pilotos da Scuderia estavam a bater em Lewis Hamilton e Valtteri Bottas propositadamente. Depois da tempestade inicial, os homens da Mercedes baixaram o tom, mas com o campeonato tão equilibrado como está, é natural que vá haver mais ‘qui pro quo’ daqui para a frente.

No Grande Prémio de França Sebastian Vettel discutiu a primeira travagem com o finlandês, tendo batido no carro de Brackley, que ficou com um furo na roda traseira esquerda, ao passo que a máquina de Maranello ficou com a asa dianteira danificada. Os dois foram obrigados a rumar às boxes para reparações.

Na prova do passado domingo, Räikkönen deixou o carro escorregar na primeira travagem, embatendo no Mercedes de Hamilton, que entrou em pião, caindo para o último lugar. O finlandês da Ferrari, que à semelhança do inglês não sofreu danos no seu monolugar, teve de cumprir uma penalização de 10s parado nas boxes, contra os cinco que Vettel sofrera em Paul Ricard.

Foi a segunda vez em três corridas que um piloto da Scuderia prejudicava um da Mercedes, o que deixou os responsáveis da formação de Brackley bastante agastados. Lewis Hamilton, que realizou uma recuperação notável de último para segundo, no final da prova não conseguiu esconder a sua frustração, deixando escapar algumas sugestões. “Táticas interessantes, diria, daquele lado, mas faremos o que tivermos de fazer para lutar com eles”, afirmou o inglês.

No entanto, Toto Wolff foi mais longe, deixando no ar a ideia de que a Ferrari estaria a prejudicar propositadamente os pilotos da Mercedes. “Em Le Castellet foi a primeira vez que que fomos colocados fora e, agora, a segunda vez – são muitos pontos no Campeonato de Construtores.

Para utilizar as palavras do James Allison (ndr.: o director técnico da Mercedes) ou é deliberado ou é incompetência”, frisou o chefe de equipa da formação do construtor de Estugarda, que mais tarde tentou emendar a mão, muito embora, a crítica à Ferrari continuasse bem patente: “Nada disto é feito deliberadamente, mas é cansativo. É a segunda vez em três corridas que fomos colocados fora quando estávamos numa posição muito prometedora no início. Este tipo de incidentes não deveria acontecer com pilotos de topo na frente do pelotão.

Se os nossos pilotos fizessem o mesmo erro duas vezes e prejudicassem a mesma equipa, eu estaria a pedir desculpa”.
Quando tomou conhecimento das críticas oriundas da Mercedes, Maurizio Arrivabene não se conteve, mas curiosamente não apontou Wolff como alvo, escolhendo um antigo funcionário da Scuderia, agora na estrutura de Brackley, parecendo não querer colocar em risco a boa relação que mantém com o austríaco e que tem sido instrumental nas negociações com a Liberty. “Quem é incompetente? O Kimi? Quem é ele para julgar sobre o que os pilotos estão a fazer no carro? Se ele disse mesmo isso, deveria estar envergonhado.

O Alison trabalhou muitos anos em Maranello, mas agora estamos em Inglaterra a ensiná-lo a ser um gentleman.
Aceito isso de alguém como o Jacques Villeneuve, dado que foi piloto. Mas dele?”, enfatizou o italiano.
Kimi Räikkönen, logo nas entrevistas após a corrida, foi claro, assumindo a sua falta: “Errei, mas é o que acontece por vezes. Foi um erro meu, portanto, tudo bem. Mereci, cumpri a penalização e continuei a lutar”, frisou o finlandês da Ferrari.

Por seu lado, Sebastian Vettel considerou um despropósito as acusações de que foram alvo os pilotos da Scuderia, sublinhando ser um não-assunto. “É um disparate pensar que algo do que aconteceu foi deliberado. Não creio que tenha havido qualquer intenção e penso que é desnecessário, até, falar disso”, apontou o piloto que atualmente lidera o Campeonato de Pilotos.

Talvez percebendo que os seus responsáveis foram demasiado longe nas observações realizadas ao comportamento dos pilotos da Ferrari, mais tarde a Mercedes emitiu uma comunicação através do seu Twitter a colocar um ponto final no assunto: “Ninguém estava seriamente a sugerir que tinha sido deliberado. O Kimi cometeu um erro. Admitiu-o e pediu desculpa ao Lewis”.

A explosão dos responsáveis dos “Flechas de Prata” foi contida, mas a ferida ficou aberta e ficou claro que a pressão na luta pelos títulos está mais elevada que nunca e que é preciso muito pouco para que as emoções extravasem. Veremos como tudo corre daqui para a frente.

Duas vezes em três Grandes Prémios, dois Ferrari ‘acertaram’ e colocaram fora de pista dois Mercedes

Visualizou de 4 artigos abertos

O AutoSport limitou a 4, o número de artigos
que poderá ler sem fazer login
Para continuar a ler livremente
os artigos AutoSport,
por favor faça login aqui
Caso não esteja ainda registado,
faça agora aqui o seu
registo gratuito
  • Não é possível alterar o nome de utilizador.

    49
    Deixe um comentário

    Please Login to comment
    13 Comment threads
    36 Thread replies
    20 Followers
     
    Most reacted comment
    Hottest comment thread
    20 Comment authors
    JabbaShaggyn26091744orimarjmfmcs@gmail.com Recent comment authors
      Subscribe  
    Notify of
    f1gr09
    Membro
    f1gr09

    Desde 1996 que não comento nada que diga respeito a Ferrari,não simpatizo não gosto e prefiro equipas como a force Índia,em que os joguinhos e filmes passam despercebidos, não queríamos um campeonato animado, é isto mesmo, agora criticar porque choram?lol eu no meu emprego quando não corre bem ,também me lamento. Não é na fórmula 1, é em tudo, quando corre bem, ótimo,quando não,péssimo. Quanto a Ferrari não me admira nada do que façam,ferrarifiamafia.

    Quim do Asfalto
    Membro
    Quim do Asfalto

    Também não me admira nada o seu tipo de comentário! Quando a estupidez toma o lugar da lucidez dá nisso!…

    js1970
    Membro
    js1970

    até onde chega a vossa ignorância Quim do Asfalto…

    Quim do Asfalto
    Membro
    Quim do Asfalto

    Posso dizer o mesmo da vossa cegueira js1970….

    js1970
    Membro
    js1970

    cego e com sede de vencer andam vocês desde 2008 nos bem pelo contrário…

    Quim do Asfalto
    Membro
    Quim do Asfalto

    Eu sei… A vossa dor é que mesmo sem vencer desde 2008, a Ferrari tem mais títulos de pilotos e construtores do que a Mercedes e mais meia dúzia de equipas juntas! E não é por acaso que para a maioria dos pilotos, o sonho é um dia pilotar um Ferrari… Por muitas voltas que vocês possam dar, isso dificilmente será assim com vocês!!!

    UNOBUTHI
    Membro
    UNOBUTHI

    Como não comenta desde 1996, podia continuar calado!

    Quim do Asfalto
    Membro
    Quim do Asfalto

    Mesmo! lool

    Quim do Asfalto
    Membro
    Quim do Asfalto

    A Mercedes apregoava que queira alguém a fazer-lhes frente para dar mais emotividade, mas isso era quando eles pensavam que eram imbatíveis e dominavam! Agora que já não é assim, vem ao de cima a verdadeira imagem da equipa!!… É como o azeite, vem sempre ao de cima!

    x-mulderiol-pt
    Membro
    x-mulderiol-pt

    Claro se outra equipa te prejudica a corrida em duas corridas quase seguidas o normal a fazer deve ser congratulalos de volta.
    De inteligencia ou comportamento humano percebes pouco.

    Quim do Asfalto
    Membro
    Quim do Asfalto

    Mas pelos vistos a Inteligência e comportamento humano também não é o seu forte, porque senão já tinha percebido há muito tempo que os discursos bonitos e de fair play só se fazem quando se está por cima! Quando isso muda, qualquer coisa serve para retaliar! Não me lembro de ninguém falar quando o Max Verstappen tocou no Kimi e daí resultou a ultrapassem, ou então quando esse mesmo Max albaroou o Vettel e acabou por o tirar da luta da corrida com o Hamilton!!… Tire as palas sff, ou é obrigado a andar com elas??…

    x-mulderiol-pt
    Membro
    x-mulderiol-pt

    Como disse anteriormente a inteligencia não abunda, dai puder não ter compreendido. É hipocrisia da sua parte vir apontar o dedo diretamente a uma equipa provavelmente devido a dor de cotovelo dos ultimos anos, quando todas as equipas reagem de forma igual e ainda pior quando estão apertadas por isso quem tem as palas pareces ser tu que apenas olhas para um lado. Não acredito que o que se passou tenha sido propositado apenas aconteceu devido a talvez excessiva agressividade em pista que é sempre bem vinda. Dizes no teu comentario original que a mercedes queria uma equipa que desse… Ler mais »

    Quim do Asfalto
    Membro
    Quim do Asfalto

    Quando fala de a inteligência não abundar, tenho a certeza que só pode estar a falar de si, porque se achar que a sua equipa favorita deve correr com estatuto especial ou sem mais ninguém em pista para evitar qualquer toque ou acidente mesmo não sendo intencional, então é mesmo burro! Mas se todas as equipas reagem de forma igual quando estão apertadas (como disse), então não se arme em virgem ofendida!!

    js1970
    Membro
    js1970

    sim claro como o Vitelinho tocou no Hamilton em Baku é isso? p.f falta saber é quem é que anda com palas…

    UNOBUTHI
    Membro
    UNOBUTHI

    Para quem queria competir quando “davam de avanço”, aqui têm!… ou atrasaram-se?

    jorge-cardoso
    Membro
    jorge-cardoso

    Pegados andam os foristas aqui do site… todos podemos ter a nossa opinião e discutir ideias, mas dai andar aqui a insultar pessoas que nem sequer conhecemos só porque não partilham da mesma ideia…

    UNOBUTHI
    Membro
    UNOBUTHI

    Desde sempre tem sido assim e sempre com os mesmos, infelizmente.

    js1970
    Membro
    js1970

    exatamente Jorge-Cardoso, deve-se respeitar a opinião de todos mas 90% dos foristas “vermelhos” só sabem ver para um lado, daí depois acontece este tipo de comentários!

    últimas FÓRMULA 1
    últimas Autosport
    AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/motosport.png