F1, Max Verstappen: “Não estou muito preocupado com a Honda”

Por a 10 Agosto 2018 12:39

A mudança da Red Bull para os motores Honda vai ser um dos temas quentes da próxima temporada. A equipa da marca de bebidas energéticas tem tido uma relação atribulada com a Renault, que fornece os motores à equipa até ao final do ano. Os motores Honda parecem ser menos rápidos e menos fiáveis do que os Renault, como prova o facto de Pierre Gasly e Brendon Hartley terem sido os pilotos que já usaram mais componentes de motores esta temporada. Max Verstappen diz não estar preocupado.

“Não acho que eles tenham tido muitos problemas. Na maioria das vezes, eles tiveram uma qualificação má, não faria muita diferença colocar novos componentes [e sofrer uma penalização]. Acho que é isso que eles estão a fazer. Não estou muito preocupado e eles ainda têm mais algumas corridas para melhorarem, e, para o ano que vem, será um novo motor. É diferente. Eles aprendem com os seus erros, o que é bom. Está a acontecer com outros fabricantes, não só com a Honda. Não estou muito preocupado”, disse o holandês.

5
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
fe08091711
Membro
fe08091711

Sim, sim, vê-lá se lá para o meio de 2019 também não estás a pedir para rebentar com o motor Honda.
Se eu estivesse no teu lugar, estava muito preocupado… mas mesmo muito!

Sinissues
Membro
Sinissues

Este Verstappen já mete dó, está sempre a chorar do motor, eu sempre tive Renault e nunca tive nada a apontar, claro que estamos a falar de realidades diferentes, mas como p já foi dito por outros colegas do fórum, nenhuma parceria funciona com insultos, daí não entender a postura da redbull nos últimos tempos, espero que o próximo ano traga uma Renault fortíssima e uma Honda que possa lutar por pódios, mas acima de tudo que a redbull mostre desportivismo e se deixe de merd…… A postura da Renault tem sido na minha opinião de louvar, sem entrar em… Ler mais »

2fast4u
Membro
2fast4u

A TR tem servido de “rato de laboratório”, e este é o ano em que podem sacrificar os resultados, fazendo muitas alterações nos componentes, não necessariamente por fiabilidade, mas para testarem diferentes soluções. A Red Bull não se pode dar a esse luxo. O Gasly já deu o ar da sua graça, e já demonstrou estar apto para ocupar um lugar na F1. O Hartley pode ser um dado importante porque apesar de parecer não conseguir a mesma performance, terá uma experiência enorme comparativamente com o Gasly, e deve ajudar muito na interpretação daquilo que está a ser feito. Um… Ler mais »

Eu_não_sou_o_frenando_afondo
Membro
Eu_não_sou_o_frenando_afondo

Para o ano está a dizer asneiras e a dizer “sempre a mesma *****!” seguido de mais asneiras.

Não desejo mal nenhum à Honda, pena que vá motorizar um equipa de ingratos que não demoram 6 meses a culpar os outros parceiros pelos problemas de uma equipa inteira.

can-am
Membro
can-am

A ida para motores Honda é de facto uma jogada arriscada por parte de Red Bull.
Mas como se costuma dizer: quem não arrisca…
Agora uma coisa é certa : se o Vestappen quer algum dia ser campeão do mundo não é estando na Red Bull de certeza !

últimas Destaque Homepage
últimas Autosport