F1: Mais dois anos de contrato para Raikkonen?

Por a 12 Agosto 2018 16:00

De acordo com rumores que circulam em Itália, Kimi Raikkonen está a preparar-se para renovar o seu vínculo à Ferrari por mais dois anos, com a possibilidade do finlandês poder antecipar o seu término já no final de 2019. Tem-se falado muito da contratação de Charles Leclerc, que seria uma mudança radical do que tem sido a política da Ferrari quanto a pilotos, mas pelos vistos vai manter-se tudo como está. A experiência à frente de um talento de futuro.

Quem pode aproveitar a hesitação da Ferrari com Charles Leclerc é a Red Bull, de quem já se fala ter o monegasco em mira, agora que vai perder Daniel Ricciardo. Caso se confirme, a extensão do vínculo deverá ser anunciada durante o fim de semana do GP da Bélgica de F1 ou eventualmente em Monza.

Kimi Raikkonen está a preparar-se para renovar o seu vínculo à Ferrari por mais dois anos

Visualizou de 4 artigos abertos

O AutoSport limitou a 4, o número de artigos
que poderá ler sem fazer login
Para continuar a ler livremente
os artigos AutoSport,
por favor faça login aqui
Caso não esteja ainda registado,
faça agora aqui o seu
registo gratuito
  • Não é possível alterar o nome de utilizador.

    31
    Deixe um comentário

    Please Login to comment
    9 Comment threads
    22 Thread replies
    19 Followers
     
    Most reacted comment
    Hottest comment thread
    20 Comment authors
    Marcos SousaPedroSpeedwaymalhaxuxasbemvindoformula1@hotmail.com Recent comment authors
      Subscribe  
    Notify of
    sr-dr-hhister
    Membro
    sr-dr-hhister

    O que ganha a Ferrari com este conservadorismo?
    Leclerc para o lugar de Vettel e Kimi como número 1, já!

    jcmr
    Membro
    jcmr

    é assim mesmo

    Pity
    Membro
    Pity

    O que é que a Ferrari ganha com este conservadorismo? Tempo. Tempo para se reorganizar, após a morte de Marchione. Daí o contrato de dois anos, que pode transformar-se num. “Em equipa que ganha, não se mexe”, neste caso, em equipa estabilizada, é melhor deixá-la estável, até que os novos patrões estejam completamente dentro do assunto.

    sr-dr-hhister
    Membro
    sr-dr-hhister

    Ó Pity, até parece que o conservadorismo da Ferrari é de agora! E cá para mim vão continuar a ganhar nada, se mantiverem o Vettel.

    Pity
    Membro
    Pity

    O conservadorismo é de sempre, mas há limites. Quanto a não ganharem enquanto lá estiver o Vettel, veremos. Carro têm e o Vettel não há-de asneirar sempre.

    sr-dr-hhister
    Membro
    sr-dr-hhister

    Mas tem asneirado… quase sempre. Eu até comecei o ano a elogiá-lo, porque me parecia que tinha elevado a fasquia, mas não!, já são para aí 3 erros infantis por culpa própria. O Vettel não evolui e dou agora razão a quem dizia que só ganhava quando partia da frente. E acho que os verdadeiros Tifosi não podem estar contentes com ele. Não ganha, não mostra liderança e pelo caminho vai desmotivando um excelente piloto como o Kimi. É muito triste.

    asfalto
    Membro
    asfalto

    Perfeitamente de acordo, o Kimi já tem demonstrado que quando está motivado tem velocidade e consistência para discutir vitorias.

    ptuga
    Membro
    ptuga

    Agora até já nem ganha sempre quando parte da frente! 😉

    malhaxuxas
    Membro
    malhaxuxas

    Excelente, Kimi? Fora de prazo há muito, isso sim.

    jgleal1
    Membro
    jgleal1

    Não concordo, penso que já está na fase descendente da carreira.
    Se repararem, nas qualificações e nas corridas (quando o Vettel falha ou está em dificuldades) dificilmente se afirma.
    A regra de que cada filho é mais um segundo por volta é um facto.
    Comparativamente o Bottas, quer queiram quer não número 2 do Hamilton, está normalmente sempre lá para fazer o tempo ou ganhar a corrida. O inglês e a Mercedes têm sido muito mais “ajudados” pelo finlandês deles.

    sr-dr-hhister
    Membro
    sr-dr-hhister

    jgleal, acho que é injusto avaliar as prestações de um número 2 na Ferrari. O certo é que o Kimi tem subido de prestações e é um piloto fiável. Eu gostava de ver o que fazia como número 1 e aí podia-lhe dizer com segurança se está ou não na fase descendente.

    jgleal1
    Membro
    jgleal1

    Tens de concordar que, especialmente este ano, a performance tem estado bem abaixo do Vettel, daí se notar tanto e fazer sentido o “estatuto” de número dois.
    Volto ao exemplo do Bottas, sempre que tem oportunidade, aproveita, e daí não se notar tanto as ordens da equipa.

    mario
    Membro
    mario

    Não concordo. O Kimi está muito melhor este ano e só não tem melhores resultados porque a táctica da equipa é sempre prejudicial ao Kimi para evitar que entre em luta de posição com o Vettel.

    sr-dr-hhister
    Membro
    sr-dr-hhister

    Exacto. E alguns azares pelo caminho. Se fosse respeitado não sei se não estaria à frente do Vettel, mas estaria próximo.

    GT264CV
    Membro
    GT264CV

    Concordo plenamente. Gosto muito do Kimi mas a verdade é que quando o Vettel falha ele não consegue roubar pontos à Mercedes e não tem sido grande ajuda na luta pelo título de pilotos. Continua rápido mas já lhe falta alguma coisa para fazer a diferença quando é preciso.

    bemvindo
    Membro
    bemvindo

    Falar é muito fácil…leclerc nunca nunca lutou por um titulo na formula1…nunca sentiu grande pressâo.pra tudo há uma primeira vez,e o puto bém que gostaria de ter já uma oportunidade na Ferrari.mas a Ferrari nâo gosta de contratar pilotos que “ainda agora começaram na f1”.!.

    F1_4ever
    Membro
    F1_4ever

    NÃOOOOOO…….

    Lisboa
    Membro
    Lisboa

    A confirmar-se a extensão do contrato (existem sites a dizer que a renovação foi de apenas 1 ano), significa que o Kimi ficará na F1 até perto dos 40, o que demonstra não só o seu talento, mas também a confiança que a Ferrari ainda deposita na velocidade do finlandês, que este ano já leva 8 pódios (mais 1 que o Vettel), sendo 5 deles nas ultimas 5 provas. Em relação ao Leclerc, acredito que a Ferrari vai colocá-lo na Haas no lugar do Grosjean, para ver se com um carro melhor, o monegasco tem talento/velocidade para a Ferrari em… Ler mais »

    chic-anal-ysis
    Membro
    chic-anal-ysis

    Qual o interesse de colocar o Leclerc na RedBull quando têm disponível o Gasly que, até ver, é tão bom ou, na minha opinião, até melhor que o Leclerc. Só se fosse para preencher a vaga na Toro Rosso, mas nesse caso não seria grande vantagem em relação ao lugar que já ocupa na Alfa-Romeu. Quanto à renovção do Kimi, é claro que o que mais pesou foi o facto que ninguém aqui gosta de ouvir: ele já está habituado a obedecere não se queixa muito. Estar a colocar ao lado do Vettel alguém com mais ambição iria desestabilizar a… Ler mais »

    MVM
    Membro
    MVM

    Não me parece que o Gasly seja melhor que o Leclerc, mas uma coisa é certa: ao fim de tantos anos, o AS ainda não percebeu como as coisas funcionam na Red Bull em termos de pilotos.

    chic-anal-ysis
    Membro
    chic-anal-ysis

    Com efeito é um confronto que sinto curiosidade em acompanhar no futuro – o Gasly/Leclerc. Quanto ao AS…acerta muito pouco, sim.

    frenando_afondo
    Membro
    frenando_afondo

    Não entendo… Percebo a nível organizacional e ambiente na equipa (isto é, entre Vettel e a equipa), porque é óbvio que com Raikkonen Vettel dá-se melhor, já o conhece, são amigos, etc. Assim que tê-lo na equipa ajuda no campo da comunicação. Também percebo o ponto de vista da Ferrari, Raikkonen é relativamente calado, não causa ondas nos media quando é prejudicado, podem usá-lo como muro ou para mexer na estratégica quando dá jeito (como fizeram na Hungria). Mas a nível de competitividade e preparar o futuro não percebo. Por exemplo, o que faz Hamiltons er forte agora é ter… Ler mais »

    can-am
    Membro
    can-am

    O velho Raikonnen acaba por dar mais garantias de ser um aguadeiro seguro do Vettell, que é para isso que ele lá está.A ser isto verdade.
    Quanto ao Leclerc,como sempre aqui disse, é um bom piloto sem dúvida, mas para uma Ferrari ??? Nunca para já. Dependerá muito do que ele fizer, que tem sido bom mas longe de ser extraórdinário.

    amspeed
    Membro
    amspeed

    O kimi é muito mais importante do que aquilo que se vê nas corridas. O Finlandês deve ser o gajo que sabe desenvolver e afinar à máquina e como é óbvio o Vettel aproveita pois o estilo de pilotagem é idêntico.

    MVM
    Membro
    MVM

    Está a tentar dizer que o Vettel não faz trabalho de desenvolvimento e se limita a aproveitar as «afinações» do Kimi? Desculpe lá, mas isso é mentira. O que acontece, e muitas pessoas não vêem, é que ambos têm essencialmente o mesmo estilo de condução, o que faz com que o desenvolvimento do carro siga sempre na mesma direcção. Não era assim quando o Alonso estava na Ferrari porque ele tem um estilo muito diferente e isso fazia com que a equipa, na prática, se dividisse em duas. Agora, quanto a ética de trabalho, penso que só um imbecil pode… Ler mais »

    piquet
    Membro
    piquet

    LOL…O Kimi desde que regressou apenas foi capaz de ganhar com um carro de 2ª…um Lotus. 2 vitórias. Coisa pouca…nem o Schumi foi capaz do mesmo na Mercedes…cont. de coisa pouca…não presta…

    MVM
    Membro
    MVM

    A pergunta era quantas vezes ganhou DESDE QUE REGRESSOU À FERRARI (assim, em maiúsculas, para «ouvir» melhor).

    mario
    Membro
    mario

    Não diga que o Lotus era melhor que o ferrari. O Kimi teve dificuldades com o break by wire, mas melhorou muito este ano com as alterações nos F1.

    can-am
    Membro
    can-am

    Agora nestes discursos, como em qualquer desporto,ou actividade,tudo depende dos resultados, e o que é verdade hoje amanhã pode não ser.
    Se a Ferrari ganhar os mundiais,tudo na ,maior, escolha acertadíssima. OK.
    Se por acaso perderem novamente e/ou o Vettell se derrotar a ele mesmo, então gerar-se-á turbulência e o line up dos pilotos pode ser posto em causa.
    É como em qualquer desporto.

    Honda Power
    Membro
    Honda Power

    O Kimi devia de juntar-se ao Alonso na Williams. A Williams devia de criar outra equipa e ia buscar o Massa para fazer dupla com o Kubika. Depois faziam uma tornèe pelos Museus mais conhecidos do mundo.

    MZK
    Membro
    MZK

    Só fará sentido se o Vettel tivesse uma boa vantagem no campeonato e fosse capaz de ser campeão em 2018. Como este cenário ainda está longe talvez a Ferrari precise de outro plano pois se terminar 2018 sem qualquer campeonato não sei quando voltam a ser campeões pois já não se tratar de não ter o melhor carro mas sim de não ter pilotos à altura. Queria o Ricciardo na Ferrari; o Alonso está fora da F1 e a Ferrari precisa de outro Schumacher para volta à glória mas não vejo razão para ter um escudeiro como KR quando a… Ler mais »

    últimas FÓRMULA 1
    últimas Autosport
    AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/motosport.png