F1: Honda usará versão mais recente em Interlagos

Por a 7 Novembro 2018 16:26

Depois de terem usado uma versão anterior do motor Honda, a Toro Rosso usará a versão mais recente da unidade motriz nipónica.  A altitude da pista mexicana causava alguma apreensão nos responsáveis da Honda devido ao ar mais rarefeito.

O ar menos denso, devido à altitude da pista, iria exigir muito mais do turbo e teria impacto no processo de combustão do motor, pelo que a Honda preferiu usar um motor mais rodado, que os engenheiros percebessem melhor, por questões de fiabilidade. Também a Renault optou pela mesma solução, revertendo para uma versão anterior.

Agora, no Brasil, a Honda vai voltar a usar a sua unidade motriz mais recente, embora seja o segundo circuito mais alto do calendário, a 800m de altitude. Brendon Hartley este satisfeito com a sua forma recente e espera manter o nível agora com o novo motor:

” O meu ritmo nos últimos GP foi fantástico e consegui bons pontos em Austin, seguidos por uma boa reviravolta no México, mesmo que não tenha conseguido o resultado que merecíamos”, disse Hartley. “Portanto, vou para as duas últimas corridas do ano com um espírito muito positivo. Teremos a última versão do motor Honda a bordo e sabemos que ele oferece muito mais desempenho. Além disso, o novo kit aerodinâmico acrescenta algum valor e parece adequar-se ao meu estilo de condução.”

Também Gasly está otimista depois de ter sido penalizado por mais uma troca de motores no México, provavelmente a última deste ano:

“Estou ansioso para lutar por pontos novamente, depois de termos cumprido penalizações nas últimas corridas para maximizar as nossas hipóteses para estas duas últimas corridas da temporada.”

 

2
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
chicanalysis
Membro
chicanalysis

Este Hartley é o maior. Se ele acha que está em ótima forma e tem tido um ritmo fantástico quem sou eu para o contradizer? Deve ser porque já há algum tempo que não faz nenhum carro em pedaços.
Mas já fiquei com uma ideia de que aparência terá o carro para se adequar ao seu estilo de condução, algo entre um tijolo e um fardo de palha.

cjqcosta
Membro
cjqcosta

Meus caros este assunto do motor Honda é um fartote de tecnicidade, que nos faz rir a todos sem exceção, mesmo aos mais fanáticos apoiantes. Então reza a crónica que no México, por razões muito profundas que tem que ver com ar ou falta dele. Os competentes técnicos, da Honda claro está, resolveram usar uma versão anterior e mais fiável.,. Aliás a Renault fez o mesmo, continua a crónica, na sua argumentação especializada. Depois no fim da corrida, o motor Renault ganhou no carro da Red Bull e o motor Honda melhor classificado ficou em 10° lugar a 2 voltas… Ler mais »

últimas F1
últimas Autosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/motosport.png