F1: Honda com problemas de novo?

Por a 7 Janeiro 2019 18:06

Os rumores sobre a evolução das unidades motrizes da Honda não são os melhores. Segundo o que foi escrito na imprensa germânica, as unidades nipónicas estão com problemas que impedem de rodarem a 100% o que pode influenciar o início da época.

2019 é um ano de grandes mudanças para a Honda e para a Red Bull. Depois de uma época 2018 em que a Honda trabalhou longe da pressão da McLaren, tentando piscar o olho à Red Bull, que abriu as portas da Toro Rosso para entender se valia a pena arriscar no material nipónico e finalmente deixar a relação com a Renault que ia de mal a pior (se é que isso era possível).

A Red Bull ficou convencida com o nível de desenvolvimento da Honda e assinou uma parceria com a marca japonesa, que este ano fornece a Red Bull e a Toro Rosso.

Apesar de saber que a Honda ainda está longe do nível da Mercedes ou Ferrari, a Red Bull apostou no potencial mostrado para chegar a esse nível de forma mais rápida, algo que não acreditavam ser possível com a Renault, afirmando que a potência dos motores japoneses já ultrapassa a dos motores franceses.

Acontece que os últimos rumores dão conta de problemas no desenvolvimento do motor deste ano, com a Autobild a noticiar um desacordo com a Honda e a consultora AVL, empresa responsável por testes e simulações e que já trabalhou anteriormente com a Ferrari. Segundo a publicação, chegou-se a um ponto de rutura entre as duas estruturas, especialmente entre o líder do projeto da AVL e os engenheiros da Honda.

Outro dos problemas que a Honda tem encontrado está relacionado com vibrações extremas na unidade motriz que impedem os engenheiros de usar a potência máxima. Um problema que já tinha acontecido nos tempos da McLaren e que pelos vistos se repete agora.

Helmut Marko confirmou a separação entre a AVL e a Honda, mas afirmou que foram tomadas medidas para minimizar esse revés e que Mario Illien já está a prestar ajuda no projeto afim de resolver os problemas. Apesar disso, a expectativa mantém-se e Marko continua com os mesmos objetivos para 2019.

A confirmar-se este cenário, parece uma repetição do que já aconteceu no passado, com a McLaren. Os problemas de vibração no motor eram comuns e em 2017 foi mesmo um dos grandes problemas no início da época, afetando a transmissão e a caixa de velocidades.

A parceria entre as duas estruturas é recente e estamos ainda numa fase de “lua de mel”. A Red Bull irá tentar minimizar a importância destes problemas e tirar a pressão da Honda, para que estes continuem a evoluir de forma favorável. Mas não deixa de ser preocupante que o mesmo problema que afetou o motor em 2017, esteja a ser sentido novamente em 2019. Os níveis de potência são certamente maiores e talvez por isso este problema esteja a surgir, mas não deixa de causar alguma apreensão este cenário que já foi visto no passado. Até fevereiro muito trabalho será ainda feito, mas o ano novo parece estar a trazer fantasmas antigos.

 

Problemas antigos parecem estar a causar preocupação na Honda

Visualizou de 4 artigos abertos

O AutoSport limitou a 4, o número de artigos
que poderá ler sem fazer login
Para continuar a ler livremente
os artigos AutoSport,
por favor faça login aqui
Caso não esteja ainda registado,
faça agora aqui o seu
registo gratuito
  • Não é possível alterar o nome de utilizador.

    15
    Deixe um comentário

    Please Login to comment
    9 Comment threads
    6 Thread replies
    11 Followers
     
    Most reacted comment
    Hottest comment thread
    11 Comment authors
    malhaxuxasc_s_amaralfuroniSpeedwayNuz18t Recent comment authors
      Subscribe  
    Notify of
    Bibókimi
    Membro
    Bibókimi

    Problemas no motor Honda ??? Não acredito 🤣🤣🤣.
    A Honda ainda vai ter que ir buscar á reforma ou á cova as pessoas que idealizaram os seus motores entre 1987 e 1991. É a única forma de terem um bom motor

    Lisboa
    Membro
    Lisboa

    Quando em 2017 a Honda apresentou os ditos problemas de vibração, os mesmos foram detectados (segundo disseram) apenas durante os testes, hoje, é reportado os mesmos problemas, mas em vez de ser em pista, é ainda na mesa de ensaios, o que poderá significar que assim que este motor chegar ao carro mais “magro” da F1, irá causar ainda maiores problemas. Se esta situação voltar a acontecer em pista durante 2019, não só irá manchar a reputação da Honda nos mercados europeus (onde a F1 tem mais seguidores), mas poderá colocar um fim na Red-Bull, pois neste momento a Renault… Ler mais »

    Pity
    Membro
    Pity

    Subscrevo por inteiro o 3º parágrafo.

    malhaxuxas
    Membro
    malhaxuxas

    Anda muito justiceira. Mas quem não concorda?

    malhaxuxas
    Membro
    malhaxuxas

    Essa de baixa fiabilidade é para rir. Só pode!

    luis_c_jorge
    Membro
    luis_c_jorge

    Até parece que na Mercedes e na Ferrari é um mar de rosas

    frenando_afondo
    Membro
    frenando_afondo

    Pronto, lá vai a Rb ter de usar relógios outra vez.

    jmiguel-godinhoaybhislabor-com
    Membro
    jmiguel-godinhoaybhislabor-com

    Estes problemas a serem verdade, é tudo o que a Red Bull merece.

    nuz18t
    Membro
    nuz18t

    Espero que sejam problemas de juventude e nao de nascimento, contudo acho normal, por muito mal que pareca por parte da Honda, tem que se compreender, nao é chegar ver e vencer, neste caso sao as unidades motrizes mas noutros tempos foi chassis, aero, etc e nao só a Honda, a Toyota, BMW, Renault, nao podem ganhar todos e F1 é F1, nao engana!
    Quem tentar perceber o nivel de tecnologia, persistencia, investimento, consegue compreender a Honda, a Williams a Pirelli etc etc nao é por isso que vao deixar de ser dos maiores fabricantes mundiais…

    can-am
    Membro
    can-am

    Ao fim de 5 anos e estamos nisto.
    Decididamente não conseguem.
    A Ferrari faz um motor competitivo duma prova para a outra ! Claro que se a Honda beneficiasse dos “guarda-chuvas” que os italianos têm a conversa seria obviamente outra.
    Esperemos que tudo dê certo.
    Esperemos!

    furoni
    Membro
    furoni

    o teu problema deve ser mesmo o guarda chuva que tens enfiado num certo sítio….

    c_s_amaral
    Membro
    c_s_amaral

    Quando mudaram as regras a Ferrari e a Renault começaram claramente abaixo da Mercedes, mas ano após ano, principalmente a Ferrari conseguiu melhorar muito o motor, ao ponto de lutar pelos campeonatos. O motor Honda este ano terá de estar, pelo menos, mais competitivo que o Renault e igualmente fiavel.
    A evolução do motor Honda tem sido sofrivel e este ano com uma equipa que terá certamente um chassis dos melhores, não pode haver falhas.

    malhaxuxas
    Membro
    malhaxuxas

    Ai o chassis não é o melhor?
    Querem ver que pouco falta para desancarem no chassis, como culpado?
    Abram os olhos! Já agora aos nipos que os têm sempre fechados!

    malhaxuxas
    Membro
    malhaxuxas

    Não digam!!!!
    E eu a pensar nos malvados e incompetentes Mclatas!
    2019 promete! Ser um circo lá para as bandas dos toiros mansos!

    malhaxuxas
    Membro
    malhaxuxas

    Uma Honda de problemas. Nada de novo.

    últimas FÓRMULA 1
    últimas Autosport
    AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/motosport.png