F1, Esteban Ocon: “Tive que trabalhar bastante e é isso que faz a diferença”

Por a 12 Agosto 2017 09:06

Esteban Ocon é uma das revelações da temporada 2017 na F1. Depois de ter feito nove corridas pela Manor no seu ano de estreia o francês ganhou a experiência necessária para poder tirar partido de um competitivo Force India esta época. E face a um ainda mais experiente Sergio Perez não tem feito má figura, conseguindo pontuar em dez das onze corridas já disputadas.

Ocon valoriza cada passo que deu na sua carreira, embora nunca esperasse tão bons resultados: “Não se pode planear o sucesso. Respeitamos os objetivos que tínhamos para esta época – que passava por marcar pontos em todas as corridas. E isso é mais ou menos o que estou a fazer. Tive que trabalhar bastante. Tenho menos experiência do que o Sergio, por isso tive que recuperar terreno em tantos aspetos que para ele são naturais. Antes de cada corrida estive quase sempre na fábrica a fazer trabalho de simulador. Penso que é isso que faz a grande diferença”.

Questionado sobre a quantidade de trabalho extra que teve de fazer relativamente ao seu companheiro de equipa, Ocon não precisa números, mas sabe que teve que fazer muito mais do que Perez para estar onde está: “Apenas digo que tive de trabalhar muito mais. Pessoalmente considero que entre as corridas que fiz a melhor foi o Canadá. Aí senti o melhor. Mas outra grande memória que tenho é de Barcelona. Quando o pessoal subiu a vedação e gritou por nós – isso foi muito especial. Nessa altura terminar em quarto e quinto foi como se fosse uma ‘dobradinha’. Não estava ali para ficar atrás de Checo todo o tempo. Eu queria forçar muito o andamento”.

Inevitavelmente esta evolução de Esteban Ocon levou a que a diferença entre os dois pilotos da Force India diminuísse e surgisse algum atrito entre eles. O contacto entre ambos causou o abandono de Perez e o primeiro incidente a perturbar a equipa, com o mexicano a culpar o francês. “Terminamos a série de 15 corridas a pontuar da equipa. Depois disso fomos à fábrica e disseram-nos que se tratou de um incidente de corrida e que ambos cometemos erros. Claro que coisas desse género não devem acontecer. Foi nos dito apenas para sermos cuidadosos no futuro, já que a culpa não foi apenas mim. E fim de história”.

Visualizou de 4 artigos abertos

O AutoSport limitou a 4, o número de artigos
que poderá ler sem fazer login
Para continuar a ler livremente
os artigos AutoSport,
por favor faça login aqui
Caso não esteja ainda registado,
faça agora aqui o seu
registo gratuito
  • Não é possível alterar o nome de utilizador.

    Deixe um comentário

    2 Comentários em "F1, Esteban Ocon: “Tive que trabalhar bastante e é isso que faz a diferença”"

      Subscribe  
    Notify of
    lanca-strolha
    Membro

    Notasse clara evolução dele eu proprio o digo que quando estava a ver o gp do canada e o vi em 2 disse para mim este miudo tem futuro

    frenando_afondo
    Membro

    Sim, se continuar a conseguir bater Pérez (não bater ->no<- Pérez) e fizer mais uns brilharetes, vai conseguir chamar a atenção de equipas maiores e a partir daí é ir subindo.

    últimas FÓRMULA 1
    últimas Autosport
    AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/motosport.png