F1: Brown confiante na dupla de pilotos

Por a 12 Janeiro 2019 11:20

Zak Brown falou sobre a sua nova dupla de pilotos para 2019. Carlos Sainz e Lando Norris serão os artistas do volante nesta época, uma mudança radical em relação a 2018, em que Stoffel Vandoorne e Fernando Alonso eram os pilotos.

No caso de Vandoorne, dadas as fracas prestações, a saída aconteceu quase com naturalidade. O belga não conseguiu mostrar o talento que evidenciou nas categorias de iniciação e o talento de Lando Norris exigia a subida à F1. Já no caso de Fernando Alonso, a equipa perdeu um dos melhores pilotos da actualidade e o homem que poderia guiar a equipa nesta nova fase.

A McLaren passa por uma nova fase de reestruturação, com mudanças ao nível das chefias. Além disso, a equipa aproveitou para tentar entender o que correu mal no projecto de 2018 tendo chegado à raiz do problema. Em resumo, o problema do McLaren do ano passado era a distância do eixo dianteiro em relação às entradas de ar laterais e respectivos apêndices aerodinâmicos. A distância foi mal calculada pelos engenheiros e deu dores de cabeça até ao meio da época, altura em que foi descoberto o problema. Com a distância colocada no carro na zona referida, os fluxos de ar ficavam comprometidos e em curva o carro tinha uma perda de apoio aerodinâmico significativa, o que explica a perda de performance. A equipa quis rever todo o seu processo de desenho e produção do carro, até aos modelos de simulação de CFD e os modelos no túnel de vento. A equipa está agora mais optimista e acredita que este tipo de erros não se repetirá no futuro e espera que a entrada de James Key e Andreas Siedl traga ainda mais clareza e um rumo bem definido, num plano que é de 5 anos.

Os pilotos têm obviamente um papel importante no feedback e nas decisões que se tomam para a afinação do carro e nada melhor que um Alonso para fazer esse papel. Mas com o espanhol em busca de novos desafios, a equipa terá de confiar em Norris e Sainz, algo que Brown não receia:

“Carlos tem muita experiência e é bom que ele tenha estado em duas equipas diferentes”, disse ele ao Motorsport.com. “Lando provou que é extremamente rápido, por isso, na medida em que o desempenho final do nosso carro for bom, acho que eles tirarão o máximo proveito do carro. Alguém como Lando não tem a experiência de Fernando, nem o mesmo  feedback, e levará algum tempo para ele se desenvolver, mas para Carlos é o seu quinto ano na F1, por isso estamos confortáveis ​​com os nossos pilotos ”.

“Comecei a conhecer Carlos antes de assinarmos com ele”, disse ele. “Eu gosto muito dele, senão não o teríamos escolhido. Mas eu tenho que separar isto em duas vertentes: ele como pessoa e ele como piloto. Como pessoa, acho que ele é muito educado, inteligente e esteve no mundo das corridas durante toda a vida. Eu gosto de sua personalidade e atitude. Ele é muito acessível, e acho que comercialmente ele é muito amigável com os patrocinadores, então o pacote “fora de pista” é bom. Ele é muito dedicado, faz muitas perguntas, e é muito maduro, dada a idade que tem, mas acho que é por causa do  tempo ele está na F1. Então, como piloto, pelo que temos visto até agora, estamos muito impressionados. Ele é agressivo, está muito envolvido com a equipa de engenharia e quer saber o que vai acontecendo. Ele passa o tempo ao telefone comigo, com os engenheiros, e ele teve muitas conversas fora de temporada com o Fernando. Ele está muito envolvido e acho que ele está muito animado. Ele está totalmente pronto para se juntar a nós em nosso caminho para a recuperação. ”

Carlos Sainz será assim o homem a que a McLaren recorrerá para entender que rumo tomar no carro. Norris é muito bom mas é estreante pelo que a experiência de Sainz será aproveitada ao máximo. Será Sainz capaz de o fazer? Na sua estadia na Renault, vimos que ficou abaixo de Hulkenberg e que teve dificuldade em encontrar com os seus engenheiros a afinação ideal. Não foi certamente a melhor época do espanhol, que já mostrou o seu talento e potencial em várias ocasiões. Mas não será de estranhar que Alonso vá aparecendo na McLaren para dar o seu feedback. Ainda assim a responsabilidade estará nos ombros de Sainz.

2
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
Eu_não_sou_o_frenando_afondo
Membro
Eu_não_sou_o_frenando_afondo

Tenho grande expectativa em ver que fará Norris, já o Sainz… Não tenho grande confiança nele enquanto veterano que deve liderar a equipa. Mas dou-lhe o benefício da dúvida.

Bibókimi
Membro
Bibókimi

Só se o Norris for mesmo muito bom. Já que pelo Sainz já se viu que não é nada como o pintavam , ou seja é mais um Bottas

últimas F1
últimas Autosport