F1: Alonso não deverá ser opção para a Red Bull

Por a 9 Agosto 2018 12:18

Já não é a primeira vez que Fernando Alonso é falado como possibilidade para a Red Bull, algo que foi sempre prontamente negado pela equipa.   Christian Horner afirmou que o espanhol não é a escolha mais saudável para a equipa.

Alonso é conhecido por ter uma atitude de “dividir para reinar”, não olhando a meios para atingir os fins. Os episódios na Ferrari e na McLaren deixaram marcas na fama do piloto e Horner não parece querer acolher um piloto assim, até porque a convivência com  Verstappen seria, no mínimo, difícil.

“Tenho grande respeito pelo Fernando, ele é um piloto fantástico, mas será muito difícil ele vir para a nossa equipa”, disse Horner. “Causou alguns tumultos por onde passou. Não tenho certeza se a sua vinda seria  saudável para a equipa. A nossa preferência será continuar a investir na juventude em vez de receber um piloto que está perto do fim de sua carreira.”

“Temos a sorte de ter vários pilotos sob contrato que são grandes talentos. Não acho que vamos ter falta de solicitações e ofertas.  O caminho preferido será investir, em talentos de casa. Vettel, Verstappen, Ricciardo, Sainz, Gasly – todos eles são produtos do programa júnior. Sainz e Gasly são pilotos muito rápidos, por isso, podemos ter calma na nossa decisão.”

 

Quanto à saída de Ricciardo, Horner acredita que o piloto teve receio de ficar com um papel secundário na equipa:

“Acho que ele optou pela Renault, por acreditar que é uma equipa em ascensão. Ele conhece muito bem o produto Renault. Não posso deixar de sentir que ele quer ter um papel principal, talvez num ambiente mais pequeno. A competição com o Max é intensa e o Max está a ficar cada vez mais forte.  Acho que Daniel acabou por decidir que é o momento certo para ele tentar outra coisa. Ele vê o Max a crescer cada vez mais e não queria ficar com um papel secundário. Não que eles sejam tratados de forma diferente. Eles teriam o mesmo status dentro da equipa, como sempre tiveram. Se ele fosse para uma Mercedes ou Ferrari entendia. Assim, creio ter sido um passo muito arriscado nesta fase da sua carreira”

Horner disse que fizeram tudo para o manter na equipa, que Ricciardo foi informado das comparações entre os motores Renault e Honda e que estavam dispostos a dar-lhe um contrato de um ano apenas, caso surgisse alguma oportunidade com a Mercedes ou Ferrari. “A Renault é uma equipa em crescimento e eles estão a investir muitos recursos. Talvez seja uma decisão inspirada ou talvez seja uma decisão de que se vai arrepender.”

15
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
champafonso
Membro
champafonso

“ALONSO NÃO DEVERÁ SER OPÇÃO PARA A RED BULL”… Que grande novidade!…

ramedlaV
Membro
ramedlaV

Este ingrato, para não dizer outra coisa, do Horner. Ricciardo tem estado brilhante, correcto e a levar a equipa ás costas nos últimos anos, agora a chamar o rapaz de covarde. Grande Cabrão, ainda não digerio a saída do Ricciardo, foi a seco, não há agua, dá-lhe redbull.

pedro_speed
Membro
pedro_speed

Concordo inteiramente. O Riciardo tem estado brilhante e raramente se tem chateado com a equipa. Até na 1ª vitória do Verstappen teve uma posição digna (Barcelona 2016). Quem ler o meu “post” que está na 1ª página deste artigo ou analisar como decorreu essa corrida, facilmente percebe que o Holandês foi beneficiado pela Red Bull em detrimento do Australiano. Com esse resultado é evidente que o Holandês “ganhou asas”. Aliando esse “boost” psicológico de uma vitória na F1, com apenas 18 anos (à frente de um veterano de 36, kimi, que já tinha sido campeão), com o facto de sentir… Ler mais »

últimas F1
últimas Autosport